Notícias

GOVERNO DIGITAL

Portal único do governo federal completa 1 ano simplificando acesso a serviços públicos

Mais de 72 milhões de brasileiros já têm conta no Gov.Br e podem acessar serviços de diferentes órgãos com uma única senha
Publicado em 03/08/2020 15h24

Mulher sorri utilizando um tablet (já são mais de 72 milhões de pessoas cadastradas no Login único gov.br). Seu Brasil conectado. É digital. É gov.br

O portal único do governo federal está completando 1 ano nesta sexta-feira (31/7). A plataforma Gov.Br reúne serviços públicos e informações sobre a atuação de todas as áreas do governo. Além disso, a população pode acompanhar notícias do Poder Executivo Federal em um só lugar.


São mais de 3,6 mil serviços disponíveis para consulta pelo cidadão. Destes, 59% são totalmente digitais, o que contribui para que, em média, 65 milhões de solicitações anuais, antes feitas presencialmente, possam ser realizadas online, facilitando a vida do usuário.

Desde janeiro de 2019, mais de 830 serviços foram transformados em digitais. A pandemia do novo coronavírus acelerou o processo. De março a julho, mais de 250 novos serviços puderam ser acessados online, como o Auxílio Emergencial de R$ 600 e a solicitação de seguro desemprego para o empregado doméstico. A meta do governo é digitalizar 100% dos serviços públicos federais até 2022.

A digitalização dos serviços públicos acarreta uma economia anual para o país na ordem de R$ 2 bilhões, sendo R$ 1,5 bilhão para a sociedade e R$ 500 milhões para o governo. Cerca de 149 milhões de horas serão economizadas todos os anos com a transformação digital dos serviços. É como se o governo devolvesse para a população um dia inteiro de trabalho de toda a população economicamente ativa da Grande São Paulo, por exemplo.

Para Samy Liberman, secretário-adjunto da Secretaria Especial de Comunicação Social do Ministério das Comunicações, “o gov.br ajuda e facilita a vida do cidadão. Em um único lugar, é possível achar informações confiáveis e oficiais do governo federal. São notícias relacionadas ao governo, sobre a pandemia do coronavírus, serviços, concursos, licitações e muito mais”.

Transformação Digital

O objetivo central do portal único é centralizar as informações públicas federais em um só ambiente virtual e, assim, simplificar o acesso pelo cidadão. O decreto 9.756 estabelece que, até o fim deste ano, as páginas na web dos principais órgãos do Executivo Federal estejam hospedadas no Gov.Br. Atualmente, quase 50 destes sites já estão no portal único.

Os números mostram que a busca pelo atendimento digital é mais que uma realidade. O total de usuários que acessaram o portal saltou de 4,6 milhões em janeiro para 12,1 milhões em junho deste ano. São mais de 72 milhões de pessoas com conta na plataforma e acesso a centenas de serviços, bastando memorizar um único nome de usuário e senha.

“A transformação digital é um vetor importante da modernização do estado, simplificando processos e a obtenção de serviços pelos cidadãos e empresas”, afirma o secretário especial de Modernização do Estado da Secretaria-Geral da Presidência da República, José Ricardo da Veiga. “E nas próximas semanas daremos mais um passo com a edição do decreto de criação da Política Nacional de Modernização do Estado, que enfatizará o digital em conjunto com outros eixos determinantes para a eficiência no serviço público”, completa.

Estratégia de Governo Digital

A transformação do Estado por meio das novas tecnologias está amparada pela nova Estratégia de Governo Digital, publicada no fim de abril e com ações previstas até 2022.

São 18 objetivos e 58 iniciativas, distribuídas em seis grandes princípios: governo centrado no cidadão; governo integrado, governo inteligente; governo confiável; governo eficiente; e governo transparente e aberto.

A estimativa de economia com a aplicação da estratégia é R$ 38 bilhões em 5 anos, com a eliminação de papel e burocracia, locação de estruturas e manutenção logística, contratação de pessoal para atendimento presencial ou telefônico, e, ainda, a eliminação das perdas com erros e fraudes em serviços públicos.

“Estamos construindo um governo 100% digital. Além dessa ambiciosa visão traçada na estratégia, vamos trabalhar para remover barreiras e garantir o ritmo constante e acelerado das equipes envolvidas nesta mudança”, diz Luis Felipe Monteiro, secretário de Governo Digital do Ministério da Economia. “O principal objetivo do governo digital é aproximar o cidadão do Estado, de forma rápida, descomplicada e eficaz. Com isso, podemos oferecer serviços de excelência e, assim, reconquistar a confiança do brasileiro”, complementa.