Notícias

GOVERNO DIGITAL

Ministério da Economia convida cidadãos a avaliar experiência no uso de serviços via internet

Secretaria de Governo Digital criou página para quem deseja ajudar a melhorar os serviços digitais prestados pelo governo federal
Publicado em 29/06/2020 16h09

A Secretaria de Governo Digital (SGD) do Ministério da Economia criou uma página de pesquisa com usuários, para que os interessados na melhoria dos serviços públicos digitais possam contribuir. Para a SGD, tão importante quanto entregar serviços públicos digitais é oferecer aos usuários uma boa experiência. Com esse objetivo, convida os interessados a se inscrever na nova página.

Além de contribuir para tornar os serviços digitais mais simples e acessíveis a milhões de brasileiros, os voluntários recebem um certificado on-line como reconhecimento por sua participação. As entrevistas podem ser feitas remotamente. Pessoas de todo o país estão aptas a participar. Após a finalização do projeto de pesquisa, também receberão, em primeira mão, novidades sobre o serviço transformado ou aprimorado a partir das recomendações dos usuários.

“Realizar pesquisas com usuários, que sentem na pele as dificuldades na interação com o Estado e são os maiores interessados na simplificação do acesso aos serviços públicos, é um ponto decisivo para o sucesso da digitalização dos serviços”, afirma o diretor do Departamento de Experiência do Usuário da secretaria, Joelson Vellozo Jr. Segundo ele, quando um cidadão acessa um serviço digital e fica satisfeito com a qualidade, aumentam muito as chances de que ele interaja novamente com esse serviço e o indique para amigos e familiares.

Foco no cidadão

Desde o início de 2019, cerca de 2 mil pessoas já foram entrevistadas para o aprimoramento de serviços como a Carteira de Trabalho Digital, o eSocial e o Portal Gov.br. Nos próximos meses, já estão programadas pesquisas sobre a emissão do Certificado de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV) dentro do aplicativo da Carteira Digital de Trânsito e a prova de vida para serviços do INSS, que poderá ser simplificada com o uso de biometria.

A iniciativa já é reflexo da Estratégia de Governo Digital 2020-2022, lançada em abril, e que tem como o primeiro princípio um governo centrado no cidadão. Entre as ações previstas, está a realização de pesquisas frequentes com usuários de serviços públicos. 

Atualmente, o governo federal oferece mais de 3,5 mil serviços à sociedade, dos quais 57% já são digitais. A meta é transformar 100% dos serviços digitalizáveis até o fim de 2022.