Notícias

Funai publica editais de processo seletivo simplificado para contratação de pessoal

Publicado em 28/10/2021 15h42 Atualizado em 28/10/2021 17h59
442649f2-4e74-4aea-87a1-141c6de6c918.jpeg

Foto: Divulgação

A Fundação Nacional do Índio (Funai) publicou na quarta-feira (27) oito editais de processo seletivo simplificado para contratação de pessoal. A seleção tem o objetivo de atender necessidade temporária de excepcional interesse público, com atuação em barreiras sanitárias e postos de controle de acesso para prevenção da covid-19 nas áreas indígenas, especialmente na Amazônia Legal, com vagas para os seguintes estados: Acre, Amazonas, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia e Roraima.

São ofertadas vagas para os cargos de Supervisor dos Agentes de Proteção Etnoambiental, Chefe dos Agentes de Proteção Etnoambiental e Agentes de Proteção Etnoambiental. A inscrição é gratuita e será realizada no período de 03 a 09 de novembro de 2021, de 08:30 às 12:00 e das 13:00 às 17:30, nos locais previstos em edital. Confira abaixo os editais por estado:

Roraima - Edital nº FUNAI/1-PSS/2021/SEAGAP/CGGP/DAGES-FUNAI

Acre - Edital nº FUNAI/2-PSS/2021/SEAGAP/CGGP/DAGES-FUNAI

Mato Grosso - Edital nº FUNAI/3-PSS/2021/SEAGAP/CGGP/DAGES-FUNAI

Pará - Edital nº FUNAI/4-PSS/2021/SEAGAP/CGGP/DAGES-FUNAI

Maranhão - Edital nº FUNAI/5-PSS/2021/SEAGAP/CGGP/DAGES-FUNAI

Goiás - Edital nº FUNAI/6-PSS/2021/SEAGAP/CGGP/DAGES-FUNAI

Amazonas - Edital nº FUNAI/7-PSS/2021/SEAGAP/CGGP/DAGES-FUNAI

Rondônia - Edital nº FUNAI/8-PSS/2021/SEAGAP/CGGP/DAGES-FUNAI

Retificações dos editais

Anexo I - Ficha de Inscrição

Anexo II - Modelo de Currículo

Anexo III - Declaração de residência 

A contratação temporária se dá no âmbito da Arguição de Descumprimento de Preceito Fundamental (ADPF) 709, para o adequado cumprimento da decisão cautelar concedida pelo Supremo Tribunal Federal (STF). O processo seletivo se dá na forma simplificado com base na Lei nº 8.745/1993 e no Decreto nº 10.728/2021 com validade até o dia 31/12/2021.

A iniciativa é fruto de um trabalho capitaneado pela Coordenação-Geral de Índio Isolados e de Recente Contato (CGIIRC) em conjunto com a Coordenação-Geral de Gestão de Pessoas (CGGP) da fundação. “A atuação da Funai em barreiras sanitárias e postos de controle de acesso no âmbito da ADPF 709 já vem acontecendo, de modo que o incremento de recursos humanos configurará um corpo profissional maior e novas barreiras poderão ser implementadas”, salientou o coordenador-geral de Gestão de Pessoas, Paulo Henrique de Andrade.

Já o coordenador-geral de Índios Isolados e de Recente Contato substituto, Geovanio Pantoja Katukina, ressaltou o momento histórico para a contratação, tendo em vista o número de postos aprovados. "O incremento de pessoas ao quadro da fundação trará a oportunidade de inscrição pelos indígenas das diversas localidades do certame, contribuindo para o desenvolvimento das atividades necessárias ao cumprimento da decisão do Supremo", destacou Geovanio.

Assessoria de Comunicação/Funai

Comunicações e Transparência Pública

Conteúdo relacionado