Notícias

ALFABETIZAÇÃO

Gestores e alunos comemoram sucesso do Curso ABC

As seis unidades da Parte A estão disponíveis no Avamec
Publicado em 07/04/2021 14h15

Carlos Nadalim, secretário de Alfabetização do MEC e coordenador-geral do Curso on-line Alfabetização Baseada na Ciência (ABC), comemora o sucesso da Parte A da capacitação. Ele lembra que a formação tem padrão internacional e que o material, produzido e elaborado por autores portugueses e uma professora brasileira, “traz noções fundamentais que professores-alfabetizadores modernos precisam conhecer”.

Sônia Ramos, de Paulista (PE), atua como coordenadora pedagógica na rede privada e professora na rede pública. Para ela “a experiência de participar das aulas e das formações com professores de outros países”, tem sido ótima. Ela conta que todo o seu aprendizado já está sendo levado para dentro das salas de aula na escola em que trabalha.

Érica Vilas Boas, de Curitiba (PR), é professora da educação infantil municipal e diz que procura aperfeiçoar constantemente seus conhecimentos. Ela avalia o Curso ABC como uma capacitação diferenciada, já que aborda as questões cognitivas durante a aprendizagem e “é muito importante a gente entender como a criança aprende para, a partir daí, saber como ajudá-la em momentos de dificuldade”.

Nadalim lembra aos cursistas que o MEC e a CAPES monitoram diariamente o Curso ABC e para ele, as respostas positivas à formação, “só nos dão mais ânimo para continuarmos trabalhando para aperfeiçoar as ações voltadas para a formação dos professores da Educação Básica”.

As seis unidades entregues na primeira parte do Manual ABC estão, totalmente, disponíveis no Ambiente Virtual do MEC (avamec), que já conta com mais de dois milhões de acessos. Lá, os cursistas podem ver entrevistas, apresentações, por meio de slides que facilitam a entrega dos conteúdos, questionários, que monitoram o desempenho dos alunos, documentos e outros materiais.

Curso ABC
Parte do programa Tempo de Aprender, é uma ação do MEC, por meio da CAPES e da Secretaria de Alfabetização (Sealf), e busca capacitar alfabetizadores infantis e estudantes de licenciatura. A formação é resultado da cooperação entre a CAPES, a Sealf, a Universidade Aberta de Portugal (UAB), o Instituto Politécnico do Porto e a Universidade do Porto.

Legenda das imagens:
Imagem 1: Carlos Nadalim é secretário de Alfabetização do MEC e coordenador-geral do Curso ABC (Foto: Divulgação)
Imagem 2: Sônia Ramos é psicopedagoga e atua nas redes pública e privada de Paulista - Pernambuco (Foto: Arquivo pessoal)
Imagem 3: OÉrica Vilas Boas está cursando sua segunda licenciatura e atua na educação infantil de Curitiba - Paraná (Foto: Arquivo pessoal)

A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) é um órgão vinculado ao Ministério da Educação (MEC).
(Brasília – Redação CCS/CAPES)
A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura CCS/CAPES