Notícias

DESENVOLVIMENTO

Sociedade de Defesa dos Índios Unidos de Roraima publica carta em apoio ao desenvolvimento e à independência dos povos indígenas

Publicado em 05/04/2021 15h18

A Sociedade de Defesa dos Índios Unidos de Roraima (Sodiurr) publicou uma carta aberta de apoio ao desenvolvimento econômico e à independência financeira dos povos indígenas. O documento, assinado no último dia 31 pela presidente da Sodiurr, Irisnaide de Souza Silva, também nega a representatividade da indígena Sônia Guajajara.

“Essa senhora Sônia Guajajara não conhece a realidade vivida pelos indígenas pertencentes a essa organização e NÃO NOS REPRESENTA, talvez represente as pessoas que lhe usam para se autopromover, ou seja, representa somente interesses que nem seus são, uma única entidade jamais representará os direitos de todos os povos indígenas, tendo em vista que nem sempre se apoiam as mesmas causas”, ressalta a carta.

“Não se pode falar que a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – Apib representa os povos indígenas do Brasil, na realidade nem sequer sabemos o que ela representa, a mesma deveria lutar por uma igualdade dos direitos para os povos, porém, trata-se apenas de uma entidade com ideias arcaicas e ultrapassadas, que permite que seu povo seja usado como marionete para enriquecer seus apoiadores e patrocinadores”, acrescenta.

Irisnaide Silva reforça que a Apib não representa a Sodiurr. “Queremos deixar bem claro que nós da Sociedade de Defesa dos Índios Unidos de Roraima – SODIURR não seremos silenciados, saibam que temos voz, saibam que nós somos um povo guerreiro que nunca irá desistir de lutar pelo melhor para os povos e é justamente essa voz que diz, NÃO LHE AUTORIZAMOS A FALAR PELOS INDÍGENAS DA SODIURR”, pontua.

“Somos uma organização que trabalha incansavelmente para assegurar o direito dos povos, possuímos aproximadamente 22.000 indígenas divididos em cinco municípios do Estado de Roraima lutamos incansavelmente pelo desenvolvimento econômico destes e somos donos da nossa própria voz”, destaca o documento. “Não permitiremos que inverdades divulgadas por uma única indígenas venha prejudicar nosso povo, não nos deixaremos ser intimidados por quem quer que seja e jamais desistiremos de lutar pela independência financeira dos povos, visando desta maneira proporcionar uma vida mais digna e justa para todos”, salienta.

Confira abaixo a íntegra da carta da Sodiurr:

Assessoria de Comunicação/Funai

Conteúdo relacionado