Banco de Talentos

Banco de Talentos

*Atualizado em 23/05/2019
É uma plataforma digital do Governo Federal para cadastro e gerenciamento de currículos de servidores públicos, com o objetivo de subsidiar processos de seleção e gestão de talentos da administração pública federal direta, autárquica e fundacional.
O Banco de Talentos permite divulgar seus conhecimentos, habilidades e experiências e encaminhar seu currículo para vagas ofertadas por órgãos e entidades da administração pública federal. A ferramenta está em evolução, com previsão de lançamento de outras funcionalidades em breve, como pesquisa de vagas.

É crescente o número de órgãos que já adotam como padrão o currículo do Banco de Talentos em seus processos de seleção. Além disso, as unidades de Gestão de Pessoas terão acesso aos currículos dos servidores por meio do Painel Sigepe Banco de Talentos. Ao manter seu currículo atualizado, suas chances de participar de uma seleção ou outras ações voltadas para desenvolvimento de pessoas serão ampliadas.

Até o momento, o Banco de Talentos está disponível para o uso dos servidores, aposentados e pensionistas do Executivo Federal e do Governo do Distrito Federal - GDF, que recebem seus vencimentos, proventos ou pensões pelo SIAPE. O acesso é feito com as mesmas credenciais utilizadas no Sigepe.

Não. O Sigepe Banco de Talentos é um sistema da Administração Pública Federal. À exceção dos servidores do Governo de Distrito Federal - GDF, apenas servidores públicos federais (ativos e aposentados) têm acesso à plataforma.

O sistema está disponível na versão web (www.bancodetalentos.economia.gov.br) e também por meio do aplicativo disponível para os sistemas operacionais Android e iOS. Para acessar, utilize as mesmas credenciais (login e senha) dos serviços do Sigepe.

O aplicativo Sigepe Banco de Talentos está disponível para qualquer dispositivo com o sistema operacional Android ou com o sistema operacional iOS. Acesse as lojas Google Play ou App Store e faça o download do aplicativo. É importante manter sempre a última versão do aplicativo no seu dispositivo móvel.

Entre em contato com a Central Sipec pelo telefone 0800-978-9009 ou pelo formulário eletrônico disponível na Central Sipec (/central-sipec).

 Caso tenha dificuldade com a senha de acesso, clique aqui.

 Verifique se você possui o perfil de acesso ao Sigepe Banco de Talentos. Clique aqui

Caso não esteja conseguindo salvar alguma informação ou tenha problema no preenchimento de qualquer campo, atualize a versão do aplicativo.
Você também pode desinstalar e instalar novamente.
Caso esteja acessando a versão web, clique em “sair” e acesse novamente o Banco de Talentos. Se a dificuldade persistir, entre em contato com a Central Sipec pelo telefone 0800-978-9009 ou pelo formulário eletrônico disponível na Central Sipec (/central-sipec), esclareça quais as informações não estão sendo salvas e descreva o procedimento realizado. Nenhuma informação já cadastrada e salva será perdida.
Entre em contato com a Central Sipec pelo telefone 0800-978-9009 ou pelo formulário eletrônico disponível na Central Sipec (/central-sipec).

Sim. A política de privacidade é regida pelo o Termo de Uso da aplicação e pela Portaria de Segurança da Informação do Ministério da Economia.

Na versão atual, o servidor tem acesso apenas ao seu próprio currículo. As áreas de gestão de pessoas acessam os currículos por meio do Painel Sigepe Banco de Talentos.

Não, o usuário não poderá excluir o currículo totalmente. É possível, excluir apenas as informações cadastradas no currículo.

Não é possível na atual versão. Na próxima versão do Banco de Talentos será possível ocultar algumas informações no momento da geração do currículo em PDF.

Para selecionar servidores, você deve contatar a unidade de gestão de pessoas do seu órgão. A unidade de gestão de pessoas poderá solicitar a divulgação da oportunidade no portal do Servidor (/assuntos/oportunidades) e/ou também poderá pesquisar as informações relevantes dos currículos profissionais dos servidores que possuem cadastro na plataforma digital Sigepe Banco de Talentos por meio da ferramenta Painel Sigepe Banco de Talentos (https://painelbancodetalentos.economia.gov.br/banco-talentos/login.jsp).

 

Esta funcionalidade está disponível para as unidades de gestão de pessoas no Painel Sigepe Banco de Talentos, na aba “Indicadores”. É possível consultar um gráfico com o percentual de currículos cadastrados por órgão de exercício em relação aos servidores ativos do referido órgão.

Esta funcionalidade está disponível para as unidades de gestão de pessoas no Painel Sigepe Banco de Talentos, na aba “Indicadores”. É possível consultar um gráfico com o percentual de currículos cadastrados por órgão de exercício em relação aos servidores ativos do referido órgão.

Não. Os dados pessoais são extraídos do banco de dados da Receita Federal.

Entre em contato com a Central Sipec pelo telefone 0800-978-9009 ou pelo formulário eletrônico disponível na Central Sipec (/central-sipec). 

O nome social é a designação pela qual a pessoa travesti ou transexual se identifica e é socialmente reconhecida. Esse é um direito garantido pelo Decreto nº 8.727, de 28 de abril de 2016.

Informe o telefone em que seja mais fácil de ser contatado. Essa informação estará visível apenas para um número limitado de servidores nas unidades de gestão de pessoas dos órgãos. Quando compartilhar seu currículo, o aplicativo irá perguntar se deseja disponibilizar seu número de telefone. Se incluir um telefone comercial, lembre-se de manter o número atualizado.

Informe o e-mail em que seja mais fácil de ser contatado. Essa informação estará visível apenas para um número limitado de servidores nas unidades de gestão de pessoas dos órgãos. Se incluir um e-mail profissional, lembre-se de manter a informação atualizada.

Os dados informados devem ser do local de exercício, portanto, informe o endereço do local de trabalho no país em que atua.

Os dados informados devem ser do local de exercício, portanto, do órgão em que trabalha atualmente.

Você pode atualizar os dados no próprio aplicativo do Banco de Talentos. Para isso, na tela Atuação Profissional, clique no ícone em formato de lápis e altere as informações que desejar.

Sim. Na tela “Atuação profissional”, selecione a experiência profissional que deseja detalhar. No campo “Resumo de atividades e resultados”, inclua as informações que desejar e clique em “salvar”.

Na tela “Atuação profissional”, selecione a experiência profissional que deseja alterar. Faça as mudanças necessárias e clique em “salvar”.
Acesse a tela Formação, clique no símbolo de “+” que aparece ao lado do título “Formação acadêmica” e inclua as informações que desejar.
Acesse a tela Formação, clique no símbolo de “+” que aparece ao lado do título “Formação complementar” e inclua as informações que desejar.

As informações no Banco de Talentos são autodeclaratórias. Isso significa que não é necessário anexar certificados para incluir um curso.

Ainda não são incluídos automaticamente. A funcionalidade está prevista para as próximas versões do aplicativo. 
Sim, registre no Banco de Talentos todos os cursos relevantes que considerar relevantes.
Caso sua instituição não esteja cadastrada, informe o nome que a identifique e prossiga normalmente com o cadastramento do curso. Nas próximas versões do Sigepe Banco de Talentos, a funcionalidade de pesquisa de instituição será aprimorada.
As informações no Banco de Talentos são autodeclaratórias. Isso significa que não é necessário anexar certificados ou comprovantes para incluir um curso.
As informações contidas no Banco de Talentos são autodeclaratórias. Apenas assinale domínio do idioma (três estrelas) se você realmente for fluente no quesito específico (compreensão, escrita, fala ou leitura).
Não é obrigatório. Você poderá incluir até 8 itens.
Sim. Para modificar a lista, em “Meus talentos’, clique no ícone em formato de lápis para editar uma informação.
Sim.
Não é obrigatório. Você poderá incluir até 8 itens.

Sim. Para modificar a lista, em “Meus talentos”, clique no ícone em formato de lápis. .

Na atual versão, é possível selecionar apenas os itens que já fazem parte da lista. Nas versões futuras esse campo possibilitará inclusões.
Em aptidões, inclua suas principais habilidades, consideradas úteis para o seu trabalho diário. Por exemplo: capacidade de análise, capacidade de síntese, criatividade, trabalho em equipe, etc.. Em “interesses pessoais”, inclua seus hobbies e interesses não relacionados ao trabalho, como atividades que gosta de fazer em suas horas vagas. Por exemplo: artesanato, cinema, instrumentos musicais, etc..

Você pode utilizar um modelo padrão ou criar sua própria carta de apresentação. Em “Carta de apresentação”, clique no ícone em formato de lápis para editar as informações. Se selecionar “Utilizar modelo predefinido”, uma carta padrão será preenchida. Você pode editar esse texto para incluir os dados que considerar relevantes. Se desejar criar sua própria carta de apresentação, basta desativar este ícone e preencher o campo texto, clicando em “concluir” ao final.

Essa opção ainda não está disponível na atual versão. Caso não deseje incluir informações, basta deletar todo o texto e, em seguida, clicar em “concluir”.

O Sigepe Banco de Talentos é uma parceria entre o Ministério da Economia - ME e o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq, responsável pela Plataforma Lattes. As duas plataformas digitais estão integradas e com atualização automática. Caso possua currículo na Plataforma Lattes, parte de seu currículo do Banco de Talentos será preenchido automaticamente com as informações de seu currículo Lattes compatíveis com os campos existentes no Banco de Talentos.

Sim. Se você alterar ou excluir alguma informação, ela será alterada ou excluída automaticamente na outra plataforma, pois estão integradas e com atualização automática.

Não. O acesso ao Sigepe Banco de Talentos é feito com as credenciais dos demais serviços Sigepe. Também é possível cadastrar a biometria nos dispositivos móveis com essa funcionalidade. Já o acesso à plataforma Lattes utiliza a senha cadastrada previamente pelo usuário no site.

No seu primeiro acesso, algumas informações já serão carregadas automaticamente. Você precisará apenas verificar, confirmar ou ajustar essas informações para que seu currículo seja disponibilizado no Sigepe Banco de Talentos.

A diferença para quem não possui currículo na Plataforma Lattes é que algumas informações não serão automaticamente carregadas. O preenchimento do currículo deverá ser feito manualmente pelo usuário.

Você poderá completar seu currículo de duas formas diferentes: diretamente no Sigepe Banco de Talentos ou na Plataforma Lattes.

É uma ferramenta gerencial voltada às áreas de gestão de pessoas para apoiar a gestão de talentos da administração pública federal. A plataforma foi desenvolvida pela Secretaria de Gestão e Desempenho de Pessoal, do Ministério da Economia, em parceria com o CNPq.

São disponibilizadas, de forma interativa, informações contidas nos currículos profissionais dos servidores públicos que possuem cadastro no Banco de Talentos. É possível filtrar os currículos de acordo com os critérios desejados.

O Painel Sigepe Banco de Talentos é uma ferramenta exclusiva para os servidores das unidades de gestão de pessoas cujas atribuições são correlatas aos objetivos do Painel.

Acesse o endereço https://painelbancodetalentos.economia.gov.br/banco-talentos/login.jsp. É necessário criar suas credenciais gov.br e depois solicitar a permissão de acesso ao Painel Sigepe Banco de Talentos.

Sim, sua opinião é fundamental. Para enviar sua sugestão à unidade de gestão de pessoas deverá preencher o formulário disponível na aba “Sugestões”.