Notícias

Governo Federal aposta em energia solar para instalar poços artesianos no semiárido

Publicado em 09/11/2020 16h50 Atualizado em 09/11/2020 16h51
4aeab683-79da-4ec5-9998-76c8f0750a1e (1).jpeg

Brasília-DF – O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), por meio do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (DNOCS), está instalando poços artesianos para levar água de qualidade a moradores de zonas rurais afetadas pelas secas no semiárido nordestino. Em lugares em que a rede elétrica não está próxima aos poços perfurados, o Governo Federal tem utilizado painéis de energia solar e placas fotovoltaicas para fazer funcionar as bombas e sistemas e beneficiar a população.
Desde 2019, 300 unidades com essa fonte de energia alternativa foram contratadas nos estados de Pernambuco (89), Ceará (98), Piauí (40) e Bahia (73) e já vêm sendo instaladas. O investimento realizado por meio de emendas parlamentares é de aproximadamente R$ 8,2 milhões. Com a ação, milhares de pessoas serão atendidas e poderão utilizar a água para o consumo, criação de animais e agricultura de subsistência.
De acordo com o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, o objetivo é garantir a segurança hídrica da população que mais precisa no Nordeste. “Por orientação do presidente Jair Bolsonaro, temos superado os desafios para fazer a água, que é um bem tão precioso, chegar no semiárido nordestino. É um compromisso do Governo Federal e estamos empenhados, com estas e outras obras, em fazer com que essas famílias superem essa situação da seca que afeta a região há muito tempo”, ressalta o ministro.
Para o agricultor familiar Leandro de Brito, do município de Calumbi, em Pernambuco, a chegada da água com os poços em funcionamento com a energia solar é um alento para mais de 30 famílias rurais. “Esse poço tem grande utilidade. A vazão é muito grande, é uma água boa e já estamos até dando para os nossos animais beberem. Estamos muito satisfeitos”, disse.
"A parceria e o apoio do MDR estão sendo fundamentais para o sucesso dessas intervenções de resultado imediato no nosso seminário nordestino brasileiro, proporcionando a esses cidadãos uma infraestrutura hídrica para acesso à água", destaca o diretor-geral do DNOCS, Fernando Leão.
Além dos poços que funcionam com energia solar, o Governo Federal já entregou outras 1.074 unidades que utilizam a energia elétrica na região do Semiárido. Eles estão na Bahia (367), no Rio Grande do Norte (199), no Piauí (114), em Alagoas (48), em Sergipe (70), em Pernambuco (148), no Ceará (55) e no norte de Minas Gerais (73).