Notícias

Protocolo de inovação e tecnologia estimula Base Industrial de Defesa

Publicado em 14/09/2021 18h17 Atualizado em 27/09/2021 14h49


Brasília, 14/09/2021
- Na segunda-feira (13), ocorreu a Cerimônia de Assinatura do Protocolo de Intenções entre o Ministério da Defesa (MD), a Associação do Parque Tecnológico de São José dos Campos (APTSJC) e a Fundação de Empreendimentos Científicos e Tecnológicos da Universidade de Brasília (FINATEC/UnB).

Igor Soares-79.jpg

 O Diretor do Departamento de Ciência, Tecnologia e Inovação (DECTI), General de Divisão Luiz Antônio Duizit Brito, fez a abertura do evento. Ele enfatizou a importância da assinatura desses protocolos para a inovação. “Foi dado mais um passo na execução do plano estratégico, com ênfase na tríplice hélice (conceito dado quando empresa, academia e governo contribuem para a inovação tecnológica e o desenvolvimento econômico do país) no fortalecimento da Base Industrial de Defesa (BID) e o atingimento da independência tecnológica”, pontuou o General Duizit Brito.

Igor Soares-9.jpg

Para o Diretor-Geral da APTSJC, Marcelo Nunes da Silva, os protocolos fortalecem o compromisso com o Estado brasileiro. “A grande importância foi enaltecida por todas as empresas, sejam “startups” ou empresas ligadas ao setor de defesa, no sentido de conectar as demandas tecnológicas estratégicas do País e também de negócios gerados”, disse Marcelo Nunes.

Igor Soares-39.jpg

O Diretor-presidente da FINATEC/UnB, Augusto César de Mendonça Brasil, destacou que a missão da Fundação que ele representa é disseminar o conhecimento para a sociedade, por meio da articulação de projetos acadêmicos. “Com a assinatura do Protocolo de Intenções, podemos visualizar uma aplicação direta na sociedade, não só na sociedade civil, mas na área da defesa, das instituições, na academia e principalmente nas startups”, explicou Augusto César.

Igor Soares-63.jpg

Finalizando o evento, o Secretário de Produtos de Defesa do Ministério da Defesa (SEPROD), Marcos Rosas Degaut Pontes, ressaltou que as assinaturas dos protocolos se tornam oportunas, pois assim concluem redes de conexões que ajudam a gerar ecossistemas adequados ao desenvolvimento de negócios, produtos e autonomia tecnológica. “Serviços que vão nos conceder um grau cada vez maior de autonomia tecnológica. Que vão nos permitir gradativamente diminuir a dependência que ainda temos de produtos estrangeiros”, enfatizou Marcos Degaut.

Igor Soares-72.jpg

Prestigiaram, ainda, a solenidade, o Chefe de Assuntos Estratégicos, General de Exército Eduardo Antônio Fernandes; o Secretário de Pessoal, Ensino e Desporto, Tenente Brigadeiro do Ar Jeferson Domingues de Freitas; demais autoridades militares e civis.

Por Rizia Rocha
Foto: Igor Soares

Confira os destaques da semana:

Centro de Comunicação Social da Defesa (CCOMSOD)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071