Notícias

Transparência

Sudene realiza consulta pública sobre dados abertos

Os cidadãos podem opinar, até o dia 4 de junho deste ano, sobre a base de dados que deve ser priorizada para a publicação em formato aberto.
Publicado em 27/05/2021 09h07 Atualizado em 01/06/2021 09h44
Dados abertos

A consulta pública pretende saber quais informações a sociedade deseja que a Sudene disponibilize em formato aberto.

Os interessados devem acessar a página específica criada pela Sudene para coletar a opinião da sociedade civil e responder a um questionário que pretende identificar o grau de satisfação sobre a atual base de dados da Autarquia, além de levantar os temas que mais despertam o interesse da população, entre eles  o Plano Regional do Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), planos sub-regionais, Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), Termos de Execução Decentralizadas (TED), Conselho Deliberativo e Ouvidoria.

O Plano de dados Abertos (PDA) é considerado fundamental para balizar a relação entre a Sudene e a sociedade, pois é ele que orienta as ações de implementação e promoção de abertura de dados da superintendência para que os usuários possam entender e reutilizar as informações divulgadas. 

O PDA faz parte da Política de Dados Abertos do Governo Federal e tem o objetivo de organizar e padronizar o processo de publicação de dados para consulta da população e dos órgãos públicos. Dados abertos são aqueles que podem ser livremente acessados, utilizados, modificados e compartilhados por qualquer pessoa.

A Política de Dados Abertos do Governo Federal engloba órgãos e entidades da administração pública federal direta, autárquica e fundacional e tem o objetivo de aprimorar a cultura de transparência pública e franquear aos cidadãos o acesso, de forma aberta, aos dados produzidos ou acumulados pelo Poder Executivo federal. Os dados coletados pela Sudene servirão para aperfeiçoar a estratégia de abertura de dados da Instituição.

Comunicações e Transparência Pública