Notícias

Gestão pública

Sudene promove capacitação para gestores municipais de sua área de atuação

As inscrições do “Programa Liderando para o Desenvolvimento” já começaram e vão até o dia 5 de julho deste ano.
Publicado em 30/04/2021 12h36
Parceria da Sudene com a Enap oferece cursos para prefeitos

Dinâmica do curso propõe compreensão das causas e consequências de problemas locais e o desenvolvimento de competências de liderança individual e coletiva.

As aulas estão previstas para 06 de julho a 05 de agosto deste ano e os interessados devem acessar página da Escola Nacional de Administração Pública (Enap) para fazer a inscrição. O curso é resultado de uma parceria entre a Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste e a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). O público alvo são os prefeitos eleitos em 2020 e os secretários estaduais e municipais. A iniciativa, inédita e gratuita, tem o objetivo de proporcionar uma formação de alto nível, voltada para setores estratégicos. O programa vai contar com aulas ao vivo e especialistas reconhecidos nacional e internacionalmente, com a finalidade de promover o desenvolvimento local e melhorar a entrega de políticas e serviços públicos aos cidadãos.

A capacitação será realizada através de módulos virtuais e presenciais, estando estes últimos programados para o período pós pandemia. Estão previstos momentos de interação, aulas magnas, palestras e roadshow de parceiros com apresentação de programas e boas práticas. Os principais tópicos a serem abordados são políticas públicas; gestão governamental; probidade administrativa e mobilização de recursos; líderes pelo desenvolvimento; cidade pra pessoas, inovação e transformação digital. A dinâmica do curso propõe a compreensão das causas e consequências de problemas locais e o desenvolvimento de competências de liderança individual e coletiva.

Segundo a Coordenação-Geral de Cooperação e Articulação de Políticas da Sudene (CGCP), a expectativa é de que “os participantes adquiram ferramentas necessárias para fazer a transição entre os mandatos e para iniciar o seu primeiro ano de governo, gerando impactos positivos na sua gestão e, consequentemente, no desenvolvimento local”.

A ideia da Sudene é proporcionar, aos gestores, o compartilhamento de boas práticas e experiências aplicadas; metodologia inovadora e curadoria de conteúdo de excelência; aproximação com o governo federal e parceiros, possibilitando a formação de redes e conexões, inclusive com entidades do terceiro setor, organizações do setor privado, associações municipalistas e organismos internacionais. Eles terão a oportunidade, ainda, de fazer parte da rede de prefeitos que concluíram o programa.

A Sudene e o fortalecimento da administração municipal

O Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE), elaborado pela Sudene, aposta na estratégica de utilização de municípios-polos das regiões geográficas intermediárias, levando em consideração estrutura, porte e rede de influência destas cidades. A ideia é priorizar a interiorização do desenvolvimento através do fortalecimento dos sistemas inovativos e produtivos locais.

A Sudene criou o G51, que reúne municípios da área de atuação com potencial para aumentar a capilaridade das políticas de desenvolvimento regional, proporcionando uma maior aproximação da Sudene com essas localidades. Formado pelos municípios-polo da área de atuação da Autarquia que possuem condições de ampliar o alcance de políticas públicas e programas de governo, o G51 faz parte da rede de cidades intermediárias propostas pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e são a base da estratégia territorial de implementação do Plano Regional de Desenvolvimento do Nordeste (PRDNE). Além das nove capitais nordestinas, o G15 engloba 42 cidades com potencial para fortalecer a interiorização do desenvolvimento regional.

Saiba mais informações sobre o curso

Finanças, Impostos e Gestão Pública