Notícias

Atletas olímpicos e paraolímpicos são recebidos no Palácio do Planalto

Publicado em 08/10/2021 10h37 Atualizado em 13/10/2021 18h42


Brasília (DF), 13/10/2021 -
O final da tarde de quarta-feira (06) foi de comemoração no Salão Nobre do Palácio do Planalto. Ao lado do Presidente da República, Jair Bolsonaro, o Ministro da Defesa, Walter Souza Braga Netto, participou da recepção aos atletas brasileiros que participaram dos jogos olímpicos e paraolímpicos, em Tóquio 2020.

Destaques.jpg

Ao dirigir-se aos atletas, o Presidente lembrou que foi atleta e aproveitou para registrar a participação brasileira nos jogos mundiais. “Nossa primeira medalha foi em 1920, com o Tenente Guilherme Paraense, prova de tiro. Dali para frente, o Brasil sempre esteve presente nesses momentos. Com o tempo, apareceu a Paralimpíada, que fez com que vocês aparecessem para o mundo, também, e aparecer de forma bastante sadia e brilhante”, disse.

51559664598_b7e6450cb1_o.jpg

A participação do Time Brasil nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos em Tóquio marcou a melhor campanha do Brasil em olimpíadas. Dos 303 atletas brasileiros classificados para competir no primeiro certame, que ocorreu de 23 de julho a 8 de agosto, 93 (mais de 30%) integram o Programa Atletas de Alto Rendimento (PAAR). Eles competiram em 21 modalidades e conquistaram nove medalhas, entre as 21 obtidas pela delegação brasileira.

(Brasília - DF, 06/10/2021) Presidente da República, Jair Bolsonaro durante a execução do Hino Nacional.Foto: Alan Santos/PR

Para fortalecer a equipe militar brasileira em eventos esportivos de alto nível, o Ministério da Defesa criou, em 2008, o PAAR, em parceria com o então Ministério do Esporte. O alistamento, feito de forma voluntária, e o processo de seleção levam em conta os resultados dos atletas em competições nacionais e internacionais. Dessa forma, as medalhas já conquistadas na carreira transformam-se em pontuação nos concursos para preenchimento das vagas.

Os atletas têm à disposição todos os benefícios da carreira, como soldo, 13º salário, férias, direito à assistência médica, incluindo nutricionista e fisioterapeuta, além de disporem das instalações esportivas militares, adequadas para treinamento.

Por Margareth Lourenço
Fotos: Alan Santos/PR

Confira os destaques da semana:

Assessoria de Comunicação Social (ASCOM)
Ministério da Defesa
(61) 3312-4071