Marcelo Antônio Cartaxo Queiroga Lopes

Ministro de Estado da Saúde

E-mail chefia.gm@saude.gov.br

Ver agenda!

Marcelo Queiroga assume a pasta com o objetivo de reforçar as ações de enfrentamento à pandemia da covid-19, ampliando a vacinação em todo o país e levando assistência aos estados e municípios. O médico também almeja a reestruturação de setores importantes da saúde pública, com melhorias no atendimento aos pacientes da atenção primária.

O novo titular da Pasta integra o Conselho Científico do Instituto “Lado a Lado”, entidade que busca conscientizar a sociedade sobre mudanças de hábitos para alcançar um melhor estilo de vida. Por essa experiência, o ministro estimulará a pesquisa médica no país e fortalecerá o complexo industrial da saúde. Assim, quer tornar o Brasil autônomo na produção de vacinas e insumos, inicialmente, para combater a covid-19.

Queiroga defende um amplo atendimento ambulatorial e demais procedimentos médicos, com qualidade, a todos os brasileiros, direito previsto na Constituição Federal. E afirma que vai trabalhar para assegurar esse benefício à população. Para ele, o momento é de motivar a nação em uma grande mobilização para superar o atual cenário da saúde pública.

Médico cardiologista, Marcelo Queiroga foi presidente da Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista (SBHCI), sendo membro permanente do seu Conselho Consultivo. Integra, desde os anos 90, o Conselho Regional de Medicina do Estado da Paraíba na qualidade de Conselheiro Titular, tendo ocupado a diretoria por duas ocasiões. No Conselho Federal de Medicina, foi membro da Comissão de Avaliação de Novos Procedimentos em Medicina, por 4 anos. Atualmente, preside a Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC).

Natural de João Pessoa (PB), Queiroga é formado em Medicina pela Universidade Federal da Paraíba (1988).

Fez residência médica no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro, e treinamento em hemodinâmica e cardiologia intervencionista na Beneficência Portuguesa de São Paulo. Sua carreira inclui passagens pela presidência da Sociedade de Cardiologia da Paraíba e diretoria do Departamento de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista do Hospital Alberto Urquiza Wanderley, médico cardiologista intervencionista no Hospital Metropolitano Dom José Maria Pires, na Paraíba, além de membro do Conselho Científico do Instituto Lado a Lado.