Notícias

JBRJ presta contas à sociedade no Relatório de Gestão 2020

Publicado em 06/04/2021 14h27 Atualizado em 08/04/2021 12h42
banner_relatorio_gestao_2020.jpg

O Instituto de Pesquisas Jardim Botânico do Rio de Janeiro publicou, em 31 de março, seu Relatório de Gestão 2020. O documento apresenta em números os resultados alcançados na atual gestão, que tomou posse em março do ano passado, poucos dias antes de serem decretadas na cidade as medidas restritivas de enfrentamento à pandemia de Covid-19.

Encontrar soluções para administrar a instituição e fazê-la avançar apesar das dificuldades ocasionadas pela pandemia foi um grande desafio, mas importantes realizações foram obtidas em todas as áreas. Entre as principais, o Plano de Reabertura do Arboreto permitiu a retomada da visitação com segurança sanitária, tornou-se referência para outras instituições e ganhou para o Jardim os selos de Turismo Consciente do Governo do Estado do RJ e o internacional Safe Travels, do World Travel and Tourism Council.

Os indicadores mostram que o JBRJ não apenas alcançou, mas até mesmo superou a maior parte de suas metas em 2020. A Escola Nacional de Botânica Tropical (ENBT), por exemplo, titulou 25 mestres e doutores em 2020, e seu Programa de Extensão atingiu, com as aulas online, alunos em outros estados e países, apresentando crescimento expressivo no número de matrículas.

Já o corpo de pesquisadores e tecnologistas do JBRJ foi responsável, entre outras coisas, por 133 publicações científicas e os sistemas de informação sobre a biodiversidade desenvolvidos e mantidos pela instituição chegaram a quase 1 milhão de acessos. O Centro Nacional de Conservação da Flora aumentou o número de espécies avaliadas quanto ao risco de extinção e apoiou três Planos de Ação Territorial (PATs) no âmbito do programa Pró-Espécies.

Também houve avanços importantes na manutenção do Arboreto, com 11 mil m2 de áreas revitalizadas, e em ações de comunicação, capacitação de servidores, capacitação de professores das redes pública e privada na área de educação ambiental, responsabilidade socioambiental e transformação digital, com novos serviços digitalizados oferecidos ao público, entre outras.

O Relatório atende à Instrução Normativa TCU 84/2020, de 22/4/2020 e está disponível no sítio eletrônico do Jardim Botânico do Rio de Janeiro.