Notícias

Exposição Parque Nacional do Caparaó – Expedições científicas pelas Serras de Minas Gerais e Espírito Santo

Publicado em 16/03/2021 12h39 Atualizado em 09/04/2021 09h39
caparao_banner_site.jpg

"Anthurium leonii" em seu habitat natural | Foto: Raul Ribeiro

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro inaugura nesta sexta-feira, 19 de março, a exposição “Parque Nacional do Caparaó – Expedições científicas pelas Serras de Minas Gerais e Espírito Santo”.

Montada ao ar livre no Espaço ComCiência, ao lado do Cactário, a exposição apresenta fotografias, feitas por Raul Ribeiro, de quatro expedições realizadas entre 2016 e 2018 por pesquisadores do Jardim Botânico do Rio de Janeiro, do Herbário Guido Pabst e da Unioeste (PR) ao PARNA Caparaó, na divisa dos estados de Minas Gerais e Espírito Santo.

As expedições foram coordenadas pelo pesquisador do JBRJ Marcus Nadruz Coelho, que também é o curador da mostra. O objetivo delas era ampliar o conhecimento sobre as plantas daquela Unidade de Conservação, principalmente da família Araceae, que conta com grande número de espécies ornamentais e utilizadas no paisagismo em diversas partes do mundo.

Na exposição estão, por exemplo, imagens do Anthurium mourae, espécie encontrada somente no município do Alto Caparaó, do Anthurium leonii, também exclusiva desse município e do vizinho Lima Duarte, em Minas Gerais, e uma espécie nova para a ciência, que será nomeada e publicada em breve.

Além de apreciar a beleza das paisagens do PARNA Caparaó, onde se localiza o Pico da Bandeira, o terceiro mais alto do país, o público também poderá acompanhar, pelos registros fotográficos, cada etapa do trabalho dos botânicos, desde a pesquisa prévia que antecedeu as expedições até a coleta em campo, a preparação das amostras para serem enviadas ao herbário e as descobertas realizadas.

O design expositivo é de Denise Silveira (JBRJ). A equipe das expedições foi formada por Marcus Nadruz e Raul Ribeiro (JBRJ), Lívia Temponi (Unioeste),  Mel Camelo (mestre pela Unioeste e doutoranda da ENBT/JBRJ),  e Lúcio Leoni (Herbário Guido Pabst). As expedições resultaram também no artigo Araceae do Parque Nacional do Caparaó, MG-ES, Brasil, publicado na revista Rodriguésia, vol. 71.

Antes de visitar, é necessário agendar a vinda ao Jardim Botânico pelo site: agendamentovisita.jbrj.gov.br

Serviço
Exposição Parque Nacional do Caparaó – Expedições científicas pelas Serras de Minas Gerais e Espírito Santo
Temporariamente aberta no horário das 12h às 17h, em atendimento ao Decreto Rio nº 48706 de 02 de abril de 2021.
Jardim Botânico do Rio de Janeiro – Rua Jardim Botânico, 1008.
(21) 3874-1808 e 3874-1214

Ingressos para o Jardim Botânico (somente em dinheiro)
Visitantes estrangeiros: R$ 60,00.
Visitantes estrangeiros Mercosul: R$ 45,00.
Visitantes residentes no Brasil: R$ 24,00.
Visitantes residentes na Área Metropolitana do Rio de Janeiro: R$ 15,00.

É necessário apresentar comprovante de residência e identificação com foto na bilheteria. A Região Metropolitana do Rio de Janeiro compreende os municípios do Rio de Janeiro, Belford Roxo, Cachoeiras de Macacu, Duque de Caxias, Guapimirim, Itaboraí, Itaguaí, Japeri, Magé, Maricá, Mesquita, Nilópolis, Niterói, Nova Iguaçu, Paracambi, Petrópolis, Queimados, Rio Bonito, São Gonçalo, São João de Meriti, Seropédica e Tanguá. (Fonte: IBGE)

Informações sobre meia entrada e gratuidades: https://www.gov.br/jbrj/pt-br/assuntos/visitacao/ingressos