Breve Histórico

Publicado em 16/06/2020 15h03 Atualizado em 09/07/2020 14h12
  • Fase CNPq (1957 - 1972)

Fundado em 29 de agosto de 1957, o Instituto de Pesquisas Rodoviárias – IPR nasceu vinculado ao CNPq (Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico). O IPR era um órgão sem similar num país onde pouco se realizava pesquisa rodoviária de maneira formal. Nesse período sob a tutela do CNPq, que durou cerca de 15 anos, promoveu o IPR muitos Congressos, Seminários, Palestras, Encontros, mas não mergulhou plenamente nas questões básicas da pesquisa e da normalização. As pesquisas eram, por assim dizer, importadas e, quando muito, adaptadas às nossas realidades, ao passo que a normalização sequer era mencionada explicitamente no Decreto de Criação do IPR.

  • Fase DNER (1972 - 2001)

Inicia-se como o Decreto nº 71.305, de 17 de novembro de 1972, que efetivou a transferência do IPR estando agora vinculado ao DNER (Departamento Nacional de Estradas e Rodagem). Neste órgão o IPR assumiu a função de denominador comum dos interesses de pesquisas de órgãos rodoviários estaduais, universidades e indústrias, que, unidos em torno do aperfeiçoamento tecnológico, passaram a elaborar estudos e pesquisas no campo rodoviário. O IPR foi instalado no Centro Rodoviário, localizado no km 163 (antigo km 0), da Rodovia Presidente Dutra, no Rio de Janeiro.

  • Fase DNIT (2002 em diante) 

Com a Lei n° 10.233, de 05/06/2001, que criou o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes – DNIT e com o Decreto n° 4.129, de 13/02/2002 que aprovou a Estrutura Regimental e o Quadro Demonstrativo dos Cargos em Comissão e das Funções Gratificadas do DNIT, o IPR ficou vinculado à Diretoria de Planejamento e Pesquisa (DPP) do DNIT. Apesar da DPP/DNIT estar situada em Brasília, o IPR foi mantido no Rio de Janeiro o início de 2019.  Por meio da Portaria DNIT nº 2490 de 15/4/2019, publicada no Boletim Administrativo nº 77 de 23/04/2019. Com vistas a fortalecer o setor de estudos e pesquisas desta Autarquia, a administração central promoveu a transferência do Instituto para a Sede do DNIT em Brasília/DF.

Maiores informações sobre a trajetória do IPR podem ser encontradas no documento de comemoração de 50 anos do IPR: Publicação IPR-731