Notícias

Audiências de conciliação dão continuidade a obras na BR-487/PR e no acesso à Ponte de Foz do Iguaçu

Ponte de Foz do Iguaçu alcança 73% de execução
Publicado em 24/11/2021 12h16
DNIT sede fachada2.jfif

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) obteve um total de 90 acordos, neste mês de novembro, em processos de desapropriação envolvendo trecho da BR-487/PR localizado no município de Umuarama. Os processos, ajuizados na Justiça Federal, viabilizam a continuidade das obras de construção da rodovia, também conhecida como Estrada Boiadeira.

Audiencia conciliação Foz do Iguaçu2.jfif

Além das desapropriações, o DNIT também é responsável pela fiscalização e projeto de execução dos serviços na BR-487/PR.  A obra na Estrada Boiadeira é realizada através de parceria da autarquia com a usina hidrelétrica Itaipu Binacional e o Governo do Paraná, por meio do DER/PR.

O valor dos acordos chegou a R$ 6.284.449,98. Ao todo, foram ajuizados 107 processos de desapropriação, com acordos em 84,11% dos casos.

Audiencia conciliação Boiadeira1.jfif

Foz do Iguaçu

E para a construção do trecho rodoviário que vai conectar a Ponte da Integração Brasil-Paraguai à BR-277/PR, em Foz do Iguaçu, foram iniciadas, esta semana, as audiências de conciliação dos processos de desapropriação ajuizados pelo DNIT. As audiências contemplam um total de 64 processos.

As obras na segunda ponte de Foz do Iguaçu, por sua vez, já alcançam 73% de execução. O DNIT é responsável pela supervisão dos trabalhos, além da competência técnica para aprovar os projetos. O Governo do Estado do Paraná e a empresa Itaipu Binacional também são parceiros na execução deste empreendimento.

Segunda ponte de Foz.jfif 

Coordenação-Geral de Comunicação Social - DNIT