Notícias

CNPq lamenta o falecimento da Profª Lourdes Bandeira

Publicado em 13/09/2021 19h47 Atualizado em 13/09/2021 21h10

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico lamenta o falecimento da Professora Lourdes Maria Bandeira, ocorrido nesse domingo, dia 12. Professora titular no Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília, Lourdes Bandeira era bolsista de Produtividade em Pesquisa do CNPq e uma referência na pesquisa sobre violência contra as mulheres, tendo sido Secretária Adjunta da Secretaria de Políticas para para Mulheres – SPM de 2012 a 2015, coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Mulher – NEPEM e membro do Conselho de Direitos Humanos da Universidade de Brasília – CDHUnB.

Na sua trajetória, foi parceira constante em diversas ações do CNPq, como a concepção do Programa Mulher e Ciência, a participação no Comitê de Assessoramento (CA) da Sociologia, julgamentos de projetos em diversos programas como os INCTs, além de estar presente em eventos como a palestra sobre assédio que proferiu no CNPq em 2018, nas atividades referentes ao Dia Internacional da Mulher. Mulheres – SPM de 2012 a 2015, coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas da Mulher – NEPEM e membro do Conselho de Direitos Humanos da Universidade de Brasília – CDHUnB.

Sua atuação de permanente dedicação à ciência brasileira, sempre com disciplina e seriedade deixa um importante legado.

Trajetória acadêmica

A Profª Lourdes Bandeira graduou-se em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS (1970 – 73), com mestrado em Sociologia pela Universidade de Brasília-UnB (1975-78) e doutorado em Antropologia – Université René Descartes – de Paris V (1979-84). Realizou Pós-Doutorado na área de Sociologia do Conflito com o Profº. Michel Wieviorka, na École des Hautes Études en Sciences Sociales-EHESS(2001-2002). A partir de 2005, foi Professora Titular no Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília. Sua experiência acadêmica e docente teve ênfase em Sociologia Urbana e da Cultura – Gênero, Feminismo, Violência de Gênero, e Políticas Públicas, atuando, principalmente, em temas como Conflito e violência nas relações de gênero, cidadania, mulheres, feminismo e políticas públicas.