Feiras de Ciências e Mostras Científicas

Publicado em 17/10/2020 01h27 Atualizado em 26/08/2021 15h54

A necessidade de empreender esforços coletivos para a melhoria dos índices educacionais brasileiros levou o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico - CNPq/MCTI e a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – CAPES/MEC a estabelecerem parceria com diversas entidades educacionais e científicas, no sentido de propor a realização de Feiras de Ciências e Mostras Científicas com diferentes amplitudes de abrangência. Trata-se de um mecanismo que reforça o envolvimento de alunos e educadores em projetos de aperfeiçoamento do processo de aprendizagem e da investigação científica, realizado nas escolas do país.

A promoção de feiras e mostras no Brasil tem se revelado uma estratégia de alto impacto, unindo professores e alunos na produção do conhecimento, no compartilhamento de informações e na incorporação de atitudes de investigação científica no processo de construção da aprendizagem. O apoio às Feiras de Ciências e Mostras Científicas constitui, portanto, um investimento na melhoria dos ensinos fundamental, médio e técnico, bem como um mecanismo eficaz de despertar vocações científico-tecnológicas e o interesse de jovens talentosos pelas carreiras profissionais nessas áreas.

Além disso, as feiras e mostras possibilitam um diagnóstico sobre como vem se desenvolvendo o ensino-aprendizagem nos diversos locais do país, de forma a permitir uma intervenção mais adequada que vise ao estabelecimento de uma interlocução entre alunos, professores, pais e gestores, contribuindo para a melhoria das condições gerais de ensino. Finalmente, a publicação de chamadas regulares conduz e condiz com o desenvolvimento de políticas públicas capazes de promover uma mudança qualitativa nas estruturas sociais e educacionais do país.

Os objetivos das Chamadas para apoio a Feiras de Ciências e Mostras Científicas

Destacam-se os seguintes objetivos, entre outros caracterizados em cada chamada:

    • Promover eventos e ações que estimulem a curiosidade científica, o raciocínio científico e a capacidade de inovação, dentro de especificidades locais;
    • Induzir o compartilhamento de conhecimento científico e tecnológico por meio de eventos gratuitos, com exibição de trabalhos, experimentos, entre outras ferramentas de ensino formal e não formal (material impresso, brinquedos educativos, jogos, vídeos, aplicativos, mídias digitais, entre outros);
    • Valorizar práticas interdisciplinares que promovem a interação com o público;
    • Estimular as culturas indagativa e crítica, próprias da ciência, por meio de estudo de problemas e questões da sociedade, tanto de estudantes quanto de professores e do público participante;
    • Promover a formação de estudantes e professores do ensino fundamental, médio e técnico no método científico e em outros conceitos fundamentais para a produção do conhecimento científico;
    • Divulgar os avanços científicos e tecnológicos a favor da melhoria da qualidade de vida da população em geral e do desenvolvimento sustentável;
    • Promover atividades que possibilitem a melhoraria o desempenho de estudantes brasileiros no Programa Internacional de Avaliação de Estudantes – PISA, bem como em outros programas de avaliação nacional e internacional;
    • Possibilitar a seleção dos melhores trabalhos para participação em Feiras ou Mostras Científicas Internacionais.

 

A Chamada CNPq/MCTI Nº 10/2021 tem como objetivo geral apoiar projetos de realização de Feiras de Ciências e Mostras Científicas no Brasil, como instrumentos de divulgação e popularização do conhecimento científico, e de incremento à percepção social do papel da ciência para o desenvolvimento humano e sustentável e se encontra em fase de submissão de propostas. Pode apresentar proposta à chamada a pessoa que: a) tenha seu currículo cadastrado na Plataforma Lattes, atualizado até a data limite para submissão da proposta; b) possua curso superior completo; c) seja o coordenador do projeto; d) tenha vínculo formal com a instituição de execução do projeto. Mais informações na Chamada. Participe!

As Linhas Gerais de Apoio às Feiras e Mostras Científicas

O apoio às feiras e mostras científicas ocorre em âmbito municipal, estadual e nacional. Para cada um dos níveis de abrangência, as chamadas públicas estabelecem os critérios a serem atendidos para que o evento possa atingir o seu objetivo de despertar vocações científico-tecnológicas e revelar jovens talentos para a ciência, entre eles o número mínimo de trabalhos científicos de estudantes e a abrangência das inscrições e da divulgação dos eventos. Esses critérios estão descritos em cada chamada publicada.

Geralmente, as chamadas concedem apoio financeiro (recursos definidos pela amplitude da proposta) para a realização do evento e bolsas de estudos para alunos e professores – a título de prêmio.  Desta forma, além da realização do evento em si, promove-se também a integração das escolas de ensino fundamental, médio e técnico e das Instituições Científico Tecnológicas (ICTs), a partir do despertar da vocação de alunos e professores para as carreiras científicas e tecnológicas, possibilitando a  participação dos premiados em projetos de pesquisa científica e tecnológica.

Ainda que os objetivos das Chamadas de Feiras e Mostras Científicas sejam muito similares aos da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT), destacando a importância da ciência e tecnologia para a vida das pessoas e para a melhoria da qualidade da educação científica no Brasil, a amplitude das Feiras e Mostras Científicas é muito superior, além de permitir a realização de eventos ao longo de todo o ano posterior à seleção dos projetos, não necessariamente em outubro nem concomitantemente à SNCT.

Além disso, diferentemente da SNCT, a temática dos eventos é livre, sendo escolhida pelos proponentes de acordo com as características culturais locais e da abrangência do evento, partindo-se dos interesses dos estudantes e professores, de acordo com o nível de escolaridade dos participantes. Mais do que promover eventos científicos com apoio financeiro para tal, a existência de premiação em bolsas de estudos permite aos professores e estudantes que se destacarem nos eventos se aprofundarem na temática científica de seu interesse.

Um pouco de história

O CNPq fomenta a realização de Feiras e Mostras Científicas por meio de Chamadas Públicas desde 2010, propiciando a ampliação da participação de professores e pesquisadores das diversas Instituições interessadas na realização de desse tipo de evento vinculado à disseminação da ciência e tecnologia. Antes do estabelecimento de chamadas regulares, o apoio do CNPq à realização de Feiras e Mostras Científicas ocorria por meio de concessão de recursos diretamente aos proponentes (encomendas), de acordo com as diretrizes do MCTI ou do órgão descentralizador de recursos.

Desde o primeiro chamamento público para apresentação de propostas de Feiras de Ciências e Mostras Científicas, o CNPq contou com as parcerias do próprio MCTI (Ministério de Ciência e Tecnologia), diretamente ou por meio de suas unidades Secretaria de Políticas e Programas de Pesquisa e Desenvolvimento – SEPED ou Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social – SECIS; também contou com a parceria do MEC (Ministério da Educação) em diversas ocasiões, diretamente ou por meio de suas unidades Secretaria de Educação Básica (SEB) e Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Os parceiros das chamadas são indicados no título das mesmas, composto também por um número identificador e o ano a que se refere.

Durante a publicação das chamadas, houve pelo menos duas edições em que se promoveu a realização de Mostras Científicas Itinerantes (2012 e 2013). Em 2012, considerou-se Mostra Científica Itinerante uma atividade de divulgação científica que pudesse percorrer diversos municípios ou regiões, como os planetários móveis. Já, em 2013, além da manutenção de apoios para as mostras itinerantes, incentivou-se também a realização de eventos interestaduais, com o estabelecimento de critérios para serem reconhecidos como tal.  Já em 2014, as chamadas voltaram a considerar as três categorias originais: eventos municipais, eventos estaduais/distritais ou eventos nacionais.

Chamadas lançadas pelo CNPq/parceiros e seus respectivos resultados, a partir de 2010:

Edital MCT/CNPq/MEC/SEB/CAPES Nº 51/2010 - Apoiados 71 eventos de Abrangência Municipal, 30 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 5 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada MCTI/CNPq/MEC/CAPES/SEB Nº 25/2011 - Apoiados 48 eventos de Abrangência Municipal, 23 eventos de Abrangência Estadual/Distrital  e 5 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada MCTI/CNPq/SECIS/MEC/SEB/CAPES Nº 50/2012 - Apoiados 16 Mostras Científicas Itinerantes, 60 eventos de Abrangência Municipal, 26 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 7 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada Nº 46/2013 - MCTI/CNPq/SECIS/MEC/CAPES - Apoiados 17 Mostras Científicas Itinerantes, 72 eventos de Abrangência Municipal, 20 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 6 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada MCTI/SECIS/CNPQ/MEC/CAPES Nº 44/2014 - Apoiados 85 eventos de Abrangência Municipal, 19 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 5 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada MCTI/CNPq/SECIS Nº 20/2015 - Apoiados 49 eventos de Abrangência Municipal, 19 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 4 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada CNPq/MCTIC/SECIS Nº 24/2016 - Apoiados 98 eventos de Abrangência Municipal, 17 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 3 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada CNPq/CAPES/MEC/MCTIC/SEPED Nº 25/2017 - Apoiados 71 eventos de Abrangência Municipal, 31 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 5 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada CNPq/MEC/MCTIC/SEPED Nº 27/2018 - Apoiados 121 eventos de Abrangência Municipal, 29 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 6 eventos de Abrangência Nacional

Chamada CNPq/MCTIC Nº 11/2019 - Apoiados 64 eventos de Abrangência Municipal, 34 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 8 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada CNPq/MCTI Nº 17/2020 - Apoiados 53 eventos de Abrangência Municipal, 30 eventos de Abrangência Estadual/Distrital e 5 eventos de Abrangência Nacional.

Chamada CNPq/MCTI Nº 10/2021 - Aberta para inscrições de 20/08/2021 a 04/10/2021

As Feiras de Ciência e Mostras Científicas aprovadas na última chamada (2020) deverão ser realizadas ao longo de 2021, e os alunos e professores premiados com bolsas de estudos por ocasião do evento terão a oportunidade de aprofundarem seus estudos na temática científica de seu interesse, atuando em projetos científicos durante o período de duração da bolsa.