Notícias

CNPq e MCTI lançam chamada para seleção de laboratórios que integrarão o Sistema Nacional de Fotônica (Sisfóton-MCTI)

Publicado em 22/03/2021 22h36 Atualizado em 23/03/2021 12h13

O Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), em parceria com o Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), lançou, nesta segunda, 22, a Chamada CNPq/MCTI/SEMPI Nº 01/2021 - Sistema Nacional de Laboratórios de Fotônica (Sisfóton-MCTI).

O objetivo da iniciativa é apoiar laboratórios ou redes de laboratórios direcionados à pesquisa, ao desenvolvimento e à prestação de serviços tecnológicos, ao empreendedorismo e à inovação em Fotônica. O investimento inicial é de R$ 5 milhões para capital, custeio e bolsas de fomento tecnológico.

A chamada está publicada no portal do CNPq e a submissão de propostas poderá ser feita a partir do dia 23 de março, em uma ou ambas as linhas previstas:

Linha 1 - Laboratório Sisfóton-MCTI (Candidatura Geral): Laboratório ou redes de laboratórios de caráter multiusuários, direcionados à pesquisa, ao desenvolvimento e à prestação de serviços tecnológicos, ao empreendedorismo e à inovação em Fotônica e que deverão disponibilizar, no mínimo, 30% (trinta por cento) do tempo de uso, em horas, da sua estrutura laboratorial, de seus equipamentos ou de sua expertise a usuários externos, tanto públicos quanto privados.

Linha 2 - Laboratório Integrador: Instituição responsável, entre outras funções, pela articulação, gestão e inteligência estratégica do Sistema. O Laboratório Integrador contribuirá na integração dos laboratórios do Sisfóton-MCTI, visando o senso de unicidade do Sistema e atuará, em conjunto com o MCTI, no desenvolvimento de iniciativas de inteligência estratégica do Sistema, bem como para a integração digital dos laboratórios e articulação de agendas de interação. Cabe ainda ao Laboratório Integrador promover a divulgação das atividades científica, tecnológica, de inovação e de empreendedorismo realizadas pelos demais laboratórios pertencentes ao Sisfóton-MCTI.

A preferência é por laboratórios atuantes nos seguintes setores e tecnologias:

  • Setores: Comunicações e Tecnologia da Informação e Comunicação, Saúde, Energia, Agricultura, Meio Ambiente, Indústria, Defesa, Mobilidade e Educação; e 
  • Tecnologias: Fibras Ópticas, Dispositivos Fotônicos, Integração Híbrida, Óptica Integrada, Dispositivos Optoeletrônicos, Sistemas e Redes de Comunicações Ópticas, Lasers, Materiais Avançados para Fotônica, Nanofotônica, Plasmônica, Ópticas Clássica, Quântica e Não Linear, Instrumentação Óptica, Espectroscopia, Metrologia, Sensores, Displays e Iluminação.

O objetivo é financiar até 11 laboratórios, sendo um deles o Laboratório Integrador.

Clique aqui e acesse o texto completo da Chamada CNPq/MCTI/SEMPI Nº 01/2021 - Sistema Nacional de Laboratórios de Fotônica (Sisfóton-MCTI).