Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação (SAGI)

Secretaria de Avaliação e Gestão da Informação (SAGI)

Com o objetivo de executar suas competências institucionais, conforme estabelecido no Decreto nº 10.357, de 20 de maio de 2020, a SAGI está organizada em quatro departamentos, cada qual com a sua especificidade, atuando de maneira integrada, de modo a permitir que a SAGI realize entregas de grande importância para a análise, avaliação, monitoramento, aperfeiçoamento e integração de políticas públicas de Cidadania.    

Avaliação

O Departamento de Avaliação (DA) da SAGI tem como missão analisar as políticas públicas, especialmente aquelas sob gestão do Ministério da Cidadania (MC), por meio de avaliações e estudos qualificados que apoiem a gestão, com o objetivo de identificar as melhores estratégias para o aperfeiçoamento dessas políticas e seus impactos sobre a sociedade brasileira.

O Departamento utiliza as técnicas mais avançadas disponíveis para avaliar todas as fases das ações e programas – desde a concepção até a análise dos impactos alcançados. As avaliações são realizadas por meio de parcerias firmadas com diversos institutos de pesquisa, organismos internacionais e em conjunto com as equipes técnicas de todas as secretarias do Ministério.

Considerando os princípios da ética, transparência, imparcialidade e objetividade, o Departamento de Avaliação disponibiliza ao público os relatórios e os microdados de suas pesquisas, além de produzir uma rica série de publicações, tais como o Manual do Pesquisador e o Caderno de Estudos, e eventos sobre os temas relacionados às políticas de cidadania.

Monitoramento

O Departamento de Monitoramento (DM) atua no desenvolvimento de atividades de organização e sistematização periódica de processos, produtos ou resultados por meio de indicadores sociais, painéis de monitoramento, boletins automatizados e estudos técnicos. O DM conduz análises sistemáticas a partir de amplo conjunto de dados oficiais, entre registros administrativos e pesquisas do Sistema Estatístico Nacional, a fim de realizar o acompanhamento analítico das políticas e programas do Ministério da Cidadania. As entregas do DM contribuem para as ações de apoio ao monitoramento de planos, políticas, programas, projetos, serviços e ações de desenvolvimento social em todas as esferas de governo, além de dar suporte ao dimensionamento das populações elegíveis a participar dos programas sociais.

Gestão da Informação

O Departamento de Gestão da informação (DGI) atua na identificação de necessidades e problemas de informação nos níveis estratégico e gerencial do Ministério da Cidadania (MC), desenvolvendo e aprimorando soluções para a gestão de programas sociais, atendendo às demandas por dados adaptados às necessidades dos usuários e sistemas de informação, com foco na disponibilização de dados úteis, confiáveis e tempestivos, para auxiliar a gestão dos programas e a tomada de decisões.

Para tanto, o Departamento organiza e administra bases de dados de planos, programas e ações, além de desenvolver ferramentas informacionais como relatórios, tabuladores e geradores de gráficos e mapas. Além disso, o DGI participa da construção de oficinas de educação a distância com o objetivo de capacitar os gestores e operadores das políticas a utilizarem os dados disponíveis nas ações de monitoramento e avaliação.

Formação e Disseminação

O Departamento de Formação e Disseminação (DFD) tem, dentre suas competências, a de apoiar a formação e a capacitação de agentes públicos sociais, em todas as esferas do governo, que atuam em planos, políticas, programas, projetos, serviços e ações no âmbito do Ministério da Cidadania. Para isso, cabe ao DFD propor, desenhar, coordenar e articular as capacitações, nas modalidades presencial e a distância, com todas as Secretarias do Ministério, levando em consideração as particularidades de cada programa.

O Departamento também é responsável por disseminar resultados de pesquisas e metodologias de avaliação e monitoramento desenvolvidos pela SAGI. Esse trabalho é realizado por meio da elaboração de materiais didáticos e da publicação de material técnico, tais como: Caderno de Estudos, Manual do Pesquisador, CensoSUAS, entre outros.