Notícias

Infraestrutura esportiva

Agosto: um mês de conclusões e inaugurações de equipamentos esportivos pelo Brasil

No total, 21 obras foram concluídas e 15 foram inauguradas em municípios de 13 estados. Valor total das obras soma mais de R$ 59,246 milhões
Publicado em 11/09/2020 15h21 Atualizado em 11/09/2020 18h54
Estacao_Cidadania.jpg

Fotos: Rodrigo Estrela

O mês de agosto foi marcado por conclusões de obras e inaugurações de diversos equipamentos de infraestrutura do esporte em 13 estados, resultado de ação do Governo Federal coordenada pelo Departamento de Infraestrutura de Esporte (DIE), da Secretaria Especial do Esporte do Ministério da Cidadania. 

Ainda este ano deveremos entregar cerca de 400 equipamentos de infraestrutura esportiva no Brasil. Eram estruturas que estavam com as obras paralisadas e que o Governo Federal trabalhou para que fossem retomadas e concluídas"

Sandro Valverde, diretor do Departamento de Infraestrutura de Esporte do Ministério da Cidadania

Ao todo, 21 obras foram concluídas, em dez estados – Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Goiás, Bahia, Ceará, Alagoas e Rio Grande do Norte –após repasses que somaram mais de R$ 35,804 milhões. 

As obras foram construídas nos municípios de Parai (RS), Hortolândia (SP), Natal (RN), Cascavel (PR), Salvador (BA), Barra Bonita (SP), Marechal Deodoro (AL), Serra (ES), Maranguape (CE), Aparecida de Goiânia (GO), Anápolis (GO), Saquarema (RJ), Petrópolis (RJ), Cambuci (RJ) e Itu (SP) e entre elas estão seis unidades do Estação Cidadania, em Hortolândia (SP), Natal (RN), Serra (ES), Maranguape (CE) e duas em Salvador (BA) 

Além das obras concluídas, 15 foram inauguradas em nove estados: Alagoas, Rio Grande do Sul, Paraná, Sergipe, Minas Gerais, Bahia, Goiás, Rio de Janeiro e São Paulo. As inaugurações movimentaram os municípios de Delmiro Gouveia (AL), Passo Fundo (RS), Arapongas (PR), Aracaju (SE), Santo Antônio do Monte (MG), Santa Luzia (BA)Muriaé (MG), Aparecida de Goiânia (GO), Anápolis (GO), Saquarema (RJ), Petrópolis (RJ) e Itu (SP). 

Os valores repassados pelo Governo Federal para essas inaugurações somaramais de R$ 15,931 milhões. Entre as obras entregues à população estão duas unidades do Estação Cidadania, em Aracaju (SE) e Muriaé (MG). 

O que nos deixa mais feliz é que as entregas dessas obras representam um novo paradigma na gestão de equipamentos esportivos no país. Com a Política Nacional de Infraestrutura de Esporte, implementada neste governo, as obras esportivas devem apresentar um plano de gestão e utilização. Isso é a garantia de que, uma vez inauguradas, essas obras cumprirão a função para a qual se destinam, que é beneficiar a sociedade

Bruno Souza, secretário nacional de Alto Rendimento da Secretaria Especial do Esporte

Segundo Sandro Valverde, diretor do Departamento de Infraestrutura de Esporte, até o fim de 2020 estão previstas centenas de entregas em todo o país. “Ainda este ano deveremos entregar cerca de 400 equipamentos de infraestrutura esportiva no Brasil. Eram estruturas que estavam com as obras paralisadas e que o Governo Federal trabalhou para que fossem retomadas e concluídas, de modo que esses municípios pudessem oferecer opções de prática esportiva para suas comunidades”, explicou.

“O que nos deixa mais feliz é que as entregas dessas obras representam um novo paradigma no que diz respeito à gestão de equipamentos esportivos no país. Com a Política Nacional de Infraestrutura de Esporte, a PNIE, implementada neste governo, as obras esportivas devem apresentar um plano de gestão e utilização desses equipamentos e isso é a garantia de que, uma vez inauguradas, essas obras cumprirão a função para a qual elas se destinam, que é beneficiar a sociedade, independentemente do objetivo, seja no alto rendimento, no esporte educacional ou de lazer”, afirmou Bruno Souza, secretário Nacional de Alto Rendimento da Secretaria Especial do Esporte, secretaria à qual a DIE é subordinada.

“Esse governo entende que o esporte é um pilar muito importante para a nossa sociedade e trabalha para que os municípios possam contar cada vez mais com estruturas que permitam a prática esportiva. O esforço do governo para concluir essas obras comprova essa preocupação do governo com o esporte e vamos continuar trabalhando para que possamos entregar o máximo de equipamentos até o fim do ano”, reforçou o secretário Especial do Esporte, Marcelo Magalhães.

Diretoria de Comunicação - Ministério da Cidadania