Notícias

“Manhã com abelhas sem ferrão” encanta crianças no Jardim Botânico do Rio nesta terça-feira (13/7)

Publicado em 13/07/2021 14h07 Atualizado em 16/07/2021 10h01
Manhã Abelhas.png

O Jardim Botânico do Rio de Janeiro promoveu, nesta terça-feira (13/7), a “Manhã com abelhas sem ferrão” destinada ao público infantil. Conduzido pelo Serviço de Educação Ambiental (SEA) do JBRJ, a atividade reuniu várias crianças, e foi iniciada no laboratório didático do Museu do Meio Ambiente, seguida de uma trilha até o meliponário (coleção de colmeias de abelhas sem ferrão) do Jardim. Durante a atividade, a educadora Ísis Tatiana Braga falou sobre a importância das abelhas sem ferrão para o meio ambiente, além de sua relevância na produção de alimentos. 

As abelhas são importantes para a manutenção e conservação da nossa biodiversidade e também para a segurança alimentar, pois são responsáveis pela polinização de cultivos agrícolas. É muito importante fazer essa atividade com crianças porque desmistifica o medo que elas sentem do insetoEssas abelhas têm ferrão atrofiado e, por isso, não oferecem risco. As crianças são multiplicadoras de conhecimento e passam as informações para os adultos, os colegas da escola. Durante a nossa atividade, as crianças tiveram a oportunidade de ver as abelhas sem ferrão em ação aqui no Jardim Botânico e gostaram muito. Foi uma experiência muito rica – afirmou a educadora.

 Manha abelhas sem ferrao JBRJ 13-7-21 Foto Federico Rossi.jpg

As abelhas sem ferrão, chamadas assim por possuírem o ferrão atrofiado, são essenciais para a sobrevivência de uma grande parcela das plantas nativas. Elas também contribuem para a manutenção das florestas, uma vez que são importantes agentes de transporte de pólen e fecundação das flores para até 90% das árvores. Se forem extintas, a reprodução de plantas silvestres ficará comprometida.

O meliponário do Jardim Botânico do Rio conta com 17 colmeias referentes a nove espécies de abelhas sem ferrão, nativas da Mata Atlântica da Região Sudeste.

Manha abelhas sem ferrao JBRJ Foto Felipe Reboucas.jpg

As abelhas sem ferrão também são conhecidas como abelhas indígenas, pois seus produtos, como mel, cera e própolis, há séculos são apreciados e utilizados pelos índios. A preservação dos ninhos na natureza e também a criação e multiplicação em caixas racionais, adaptadas para esse fim, favorecem a sobrevivência dessas abelhas e a manutenção de seus produtos e serviços.

Vídeo Federico Rossi:

Fotos: Ascom JBRJ