Notícias

A comitiva contou com a presença do presidente da AEB, Carlos Moura, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, e o secretário da Cultura, Mário Frias

Parlamentares visitam Alcântara para conhecer o Programa de Desenvolvimento Integrado para o Centro Espacial de Alcântara

Publicado em 09/10/2020 16h42 Atualizado em 09/10/2020 17h42

Em conjunto com a Frente Parlamentar Mista para o Programa Espacial Brasileiro - FPMPEB, uma comitiva do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), com a colaboração da Agência Espacial Brasileira (AEB), conduziu parlamentares ao município de Alcântara (MA), nesta quinta-feira (08), para apresentar o Plano de Desenvolvimento Integrado para o Centro Espacial de Alcântara (PDI-CEA), previsto no Decreto nº 10.458, de 13 agosto de 2020.

O PDI-CEA é a segunda fase, após a ratificação do Acordo de Salvaguardas Tecnológicas, aprovado em novembro de 2019 no Congresso Nacional, para que sejam trabalhados os planos de negócios e de desenvolvimento regional. O objetivo da visita técnica foi levar deputados e autoridades para verem o que tem sido feito efetivamente de forma integrada no âmbito do desenvolvimento urbano, turismo e melhoria de condições de vida.

A visita técnica começou nas dependências do centro de lançamento pela manhã, e terminou com uma caminhada pelo Centro Histórico de Alcântara e  uma visita à comunidade do Cajueiro, na parte da tarde. De acordo com o presidente da AEB, Carlos Moura, “a comitiva, liderada pelo ministro Astronauta Marcos Pontes, procurou verificar o status do que se tem no CEA e na região, além de ouvir demandas das comunidades locais, de forma que possamos aprimorar nossos trabalhos e o mais rapidamente possível passar às ações com o apoio dos representantes do Congresso Nacional”, explicou o presidente.

Além do ministro Astronauta Marcos Pontes, e o presidente da AEB, Carlos Moura, destaca-se a presença do presidente da Frente Parlamentar Mista para o Programa Espacial Brasileiro (FPMPEB), o deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC), do secretário de Cultura, Mário Frias, e do diretor de Governança do Setor Espacial (DGSE/AEB), Cristiano Trein.

Trein afirma que a visita se agrega a outras incursões já feitas na região. O objetivo desse esforço é ampliar a articulação com a institucionalidade pública, com vistas à implementação do PDI-CEA, de maneira a fomentar a competividade do CEA e resultar em benefícios socioeconômicos para todo o seu entorno.

Programa de Desenvolvimento Integrado para o Centro Espacial de Alcântara

O PDI-CEA compreende uma série de iniciativas, com a participação de diversões órgãos públicos, para melhorar a infraestrutura de Alcântara por meio de projetos e sinergias. O objetivo é transformar o CEA em uma base de lançamento competitiva internacionalmente.

O Decreto nº 10.458, de 13 de agosto de 2020, instituiu a Comissão de Desenvolvimento Integrado para o Centro Espacial de Alcântara. O grupo é responsável por elaborar e monitorar a implementação do programa de desenvolvimento integrado do local, com o objetivo de desenvolver a infraestrutura da região, bem como criar modelos de negócios que incentivem as atividades espaciais.

Sobre a AEB

A Agência Espacial Brasileira é uma autarquia vinculada ao MCTI, responsável por formular, coordenar e executar a Política Espacial Brasileira. Desde a sua criação, em 10 de fevereiro de 1994, a Agência trabalha para viabilizar os esforços do Estado Brasileiro na promoção do bem-estar da sociedade, por meio do emprego soberano do setor espacial.

Coordenação de Comunicação Social - CCS

 Fotos: Neila Rocha/ASCOM-MCTI

 

Ciência e Tecnologia