Notícias

AEB participa da 17ª reunião do Comitê de Projetos Conjuntos com a China

O evento contou com a participação do ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, astronauta Marcos Pontes
Publicado em 29/06/2021 17h43 Atualizado em 29/06/2021 17h46

A Agência Espacial Brasileira (AEB) participou vitualmente, no último dia 28 de junho, da 17ª reunião do Comitê de Projetos Conjuntos Brasil-China (JPC - Joint Project Committee), juntamente com o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE) e com a China Academy of Space Technology (CAST). A reunião teve como objetivo avaliar as performances operacionais dos satélites CBERS 4 e CBERS 4A.

Durante sua participação, o presidente substituto da AEB, Paulo Barros, destacou as iniciativas de cooperação. “Gostaríamos de enfatizar a nossa admiração pelos homens e mulheres que, com esforço e dedicação, ultrapassaram barreiras culturais para troca de experiências e de conhecimento”, disse.

No discurso exibido em vídeo durante a reunião, o ministro da Ciência, Tecnologia e Inovações, Marcos Pontes, disse que "Brasil e China são parceiros na área espacial há mais de 30 anos. E isso é muito importante para o Brasil e tenho certeza de que é muito importante para a China também. Temos tido muitos resultados dessa parceria. E, com certeza, nós, aqui no Brasil, pretendemos aprimorá-la”.

O responsável pela CNSA, H.E. Mr. Zhang Kejian, deu os parabéns ao 17º Encontro de JPC do programa CBERS. Ele destacou que o programa tem sido muito valorizado como uma conquista de confiança mútua. “Por mais de 30 anos, os dois países trabalharam juntos no desenvolvimento dos satélites da série CBERS em diversos campos, para promover a construção econômica e o desenvolvimento social da China e do Brasil e também do mundo”, afirmou.

O CBERS 4A foi o último satélite, fruto da parceria, lançado no dia 20 de dezembro de 2019, da base chinesa de Taiyuan, pelo foguete Longa Marcha 4B. Sexto satélite do Programa CBERS (China-Brazil Earth Resources Satellite; em português, Satélite Sino-Brasileiro de Recursos Terrestres), o CBERS 4A e o CBERS 4 continuam operacionais e fornecem diariamente imagens de sensoriamento remoto do território nacional e de outras áreas do globo terrestre.

Sobre a AEB

A Agência Espacial Brasileira, órgão central do Sistema Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (SINDAE), é uma autarquia pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), responsável por formular, coordenar e executar a Política Espacial Brasileira.

Desde a sua criação, em 10 de fevereiro de 1994, a Agência trabalha para viabilizar os esforços do Estado Brasileiro na promoção do bem-estar da sociedade, por meio do emprego soberano do setor espacial.

Coordenação de Comunicação Social - CCS

Ciência e Tecnologia