Notícias

Inspetores da autoridade reguladora nuclear da Argentina visitam instalações da CNEN

Publicado em 27/12/2021 13h40

Como parte projeto de cooperação técnica entre a Autoridade Regulatória Nuclear da Argentina (ARN) e a Comissão Nacional de Energia Nuclear do Brasil (CNEN), intitulado “Cooperación en el campo nuclear”, na semana de 13 a 17 de dezembro, a CNEN recebeu a visita técnica de três inspetores da ARN.

Este projeto tem como área temática o marco regulatório de centros de protonterapia e instalações associadas, bem como a harmonização de requisitos regulatórios para a certificação de recursos humanos. 

Com a discussão a respeito da harmonização dos requisitos de formação, treinamento e aptidão física para pessoas autorizadas a operar instalações radioativas ou manusear substâncias radioativas, é possível estabelecer um intercâmbio permanente de especialistas técnicos em matéria regulatória entre estas instituições.

A protonterapia, nos países onde está disponível, tem se revelado eficiente no tratamento de câncer do sistema nervoso central, pulmão, fígado, próstata, tumores de cabeça e pescoço e sarcomas pélvicos e da coluna vertebral, entre outros. Aqui no Brasil vem sendo discutida a possibilidade de instalação de centros de protonterapia há alguns anos e a autoridade reguladora deve se preparar para tal.

A Argentina está em fase de implementação de um centro de protonterapia (CEARP), que será o primeiro da América Latina e que, neste momento, encontra-se em construção, com previsão de término em 2023. O licenciamento, em termos de proteção radiológica, de uma instalação de protonterapia é um grande desafio para os países, uma vez que estas instalações possuem um cíclotron e alta energia, e realizam tratamento em pacientes com feixes de prótons, implicando em características ímpares para o processo regulatório.

Durante a visita técnica da ARN no Brasil, os inspetores estiveram em uma instalação de cíclotrons, uma de radioterapia e uma de radiofarmácia, sempre acompanhados de inspetores destas áreas da CNEN. Nestas visitas, foi observado pela ARN o processo de licenciamento aplicado pela CNEN aos diferentes tipos de instalação, havendo um intercâmbio de experiência entre as duas autoridades, como parte do objetivo do projeto de cooperação técnica. No futuro inspetores da CNEN visitarão o CEARP, ainda dentro deste mesmo projeto.