Notícias

Operação PF

PF deflagra Operação Cosme em Minas Gerais

Estão sendo cumpridos 10 mandados judiciais em Minas Gerais e em São Paulo
Publicado em 18/11/2020 08h50
1d0a7434-075a-42b7-8634-9c69613c4ef4.jpg

Belo Horizonte/MG – A Polícia Federal deflagra quarta-feira (18/11) a Operação COSME, objetivando apurar a atuação de advogados que intercederam junto a magistrados em Minas Gerais buscando influenciar na solução e no andamento de processos judiciais, mediante retribuição financeira e outras vantagens indevidas.

Trata-se de um desdobramento da Operação CAPITU, deflagrada pela Polícia Federal em 09/11/2018, que, por sua vez, apurou a doação irregular de dinheiro para políticos e partidos, além de um esquema de arrecadação de propina dentro do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – MAPA. A propina era paga por um grupo empresarial que se beneficiava de normativos editados por aquela pasta e que facilitavam e viabilizavam seus negócios comerciais, conferindo-lhes vantagens frente a outros concorrentes. Essa quantia arrecadada era distribuída a representantes de um partido político em Minas Gerais.

Estão sendo cumpridos pela Polícia Federal dez mandados de busca e apreensão expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça – STJ, sendo seis em Belo Horizonte, um na cidade de Ipanema/MG, um na cidade de Engenheiro Caldas/MG e dois no estado de São Paulo, tendo sido deferida, ainda, a quebra de sigilos fiscal e bancário de vários investigados.

Seguindo todos os protocolos de cuidados do Ministério da Saúde em face da pandemia do Covid-19, a Polícia Federal continua trabalhando.

 

 

 

Comunicação Social da Polícia Federal em Minas Gerais

cs.srmg@pf.gov.br | www.pf.gov.br

(31) 3330-5270