Notícias

Produção dos contratos de partilha registrou média diária de 46 mil barris de petróleo em janeiro

Desde 2017, início da série histórica, a produção acumulada em regime de partilha de produção é de 49 milhões de barris de petróleo.
Publicado em 16/03/2021 11h15 Atualizado em 16/03/2021 18h48
Produção dos contratos de partilha registrou média diária de 46 mil barris de petróleo em janeiro

Produção dos contratos de partilha registrou média diária de 46 mil barris de petróleo em janeiro - Foto: Agência Petrobras

A produção total nos três contratos em regime de partilha apresentou média diária de 46 mil barris de petróleo por dia (bpd) em janeiro de 2021. A Área de Desenvolvimento de Mero foi responsável por 28 mil bpd, seguida de Entorno de Sapinhoá, com 8 mil bpd, e Tartaruga Verde Sudoeste, com 10 mil bpd. As informações fazem parte do Boletim Mensal dos Contratos de Partilha de Produção, elaborado pela Pré-Sal Petróleo (PPSA), gestora dos contratos em nome da União. Desde 2017, início da série histórica, a produção acumulada em regime de partilha de produção é de 49 milhões de barris de petróleo. 

A média diária do total do excedente em óleo da União nos três contratos de partilha de produção foi de 9,2 mil bpd em janeiro, sendo 4,1 mil bpd na Área de Desenvolvimento de Mero, 5 mil bpd em Entorno de Sapinhoá e 67 bpd em Tartaruga Verde Sudoeste, registrando aumento de 7% em relação ao mês anterior. A parcela acumulada do excedente em óleo da União desde 2017 é de 7,9 milhões de barris de petróleo. 

Gás Natural 

O gás natural apresentou produção de 274 mil m³ em média, por dia, referente aos dois contratos com aproveitamento comercial, sendo 197 mil m³ por dia no Entorno de Sapinhoá e 77 mil m³ por dia em Tartaruga Verde Sudoeste. Em comparação ao mês anterior, o volume de gás disponível apresentou aumento de 15%. 

A média diária do total do excedente em gás natural foi de 119 mil m³ por dia, referente aos contratos do Entorno de Sapinhoá (118.831 m3/d) e Tartaruga Verde Sudoeste (517 m3/d). O resultado reflete um aumento de 30% em relação ao mês anterior. O gás natural produzido em Mero, com alto teor de CO2, está sendo injetado no reservatório para um efetivo aumento da produção de petróleo. Até o momento não há previsão para sua comercialização. 

Desde 2018, a produção acumulada soma 209 milhões de m³ de gás natural com aproveitamento comercial. O excedente em gás natural desde 2017 é de 56,1 milhões de m³. 

Atualmente, dos 17 contratos que atuam em regime de partilha de produção, três estão em produção - Área de Desenvolvimento de Mero (Libra), Entorno de Sapinhoá e Tartaruga Verde Sudoeste, operando quatro FPSOS e 18 poços.

Acesse o Boletim Mensal dos Contratos de Partilha de Produção.

Assessoria de Comunicação Social

(61) 2032-5620

ascom@mme.gov.br
antigo.mme.gov.br
www.twitter.com/Minas_Energia
www.facebook.com/minaseenergia
www.youtube.com
www.flickr.com/minaseenergia
www.instagram.com/minaseenergia
br.linkedin.com

Energia, Minerais e Combustíveis