Atuação

Publicado em 16/01/2020 15h44 Atualizado em 24/06/2021 11h58

Valor público gerado pela Fundacentro

O principal valor público gerado por uma instituição de pesquisa integrante do aparelho de Estado consiste, de forma inerente, na produção e difusão de conhecimento. E é um conhecimento específico, uma vez que deve ser aplicado e passível de utilização no processo decisório afeto às políticas públicas e pelas empresas e demais organizações da sociedade civil. Não é sem razão que no planejamento estratégico da Fundacentro consta como missão “produzir conhecimento aplicado para subsidiar políticas públicas que promovam o trabalho seguro, saudável e produtivo”.

Considerando este anteparo, vale realçar que a instituição vem aprimorando os mecanismos de seleção de frentes de trabalho prioritárias a fim de que o rumo a ser percorrido alcance soluções que evitem ou minimizem os acidentes e adoecimentos que afligem os trabalhadores. Destarte, as escolhas que estão sendo feitas consideram indicadores que capturam fenômenos que colocam em risco aqueles que laboram em diferentes segmentos econômicos, e ainda levam em conta evidências que sinalizam movimentos emergentes que precisarão ser enfrentados em um momento que se avizinha. Como exemplo podemos citar as pesquisas sobre as implicações do calor nas atividades a céu aberto e a iniciativa, em articulação com outros órgãos públicos e com organizações privadas, de desenhar ferramentas que auxiliem a antecipação de riscos de adoecimento mental no ambiente de trabalho. O esforço, enfim, é o de canalizar recursos para a melhor compreensão daquelas situações que afetam mais pessoas, ou então que tragam consequências por demais nefastas.

Concomitante ao processo de construção do conhecimento, a Fundacentro estuda estratégias de difundi-lo aos múltiplos atores sociais. Em um mundo complexo e interconectado no qual a informação flui em tempo real, e cujo acesso e fruição não são isonômicos, tão relevante quanto o conteúdo está a capacidade de entregar valor por meio de canais e linguagens que respeitem as idiossincrasias do destinatário. Com efeito, o capital intelectual amealhado pela Fundacentro  tem que ser transmitido e está sendo, desde a publicação nos mais consagrados periódicos científicos, passando por cursos de ensino à distância e chegando nas atuais lives, recurso de amplo alcance.

Por fim, devemos lembrar que existem valores que reverberam nas ondas secundárias geradas a partir da ação das organizações. É certo que a causa primeira da criação da Fundacentro encontra-se nos acidentes e adoecimentos que vitimizam o trabalhador, só que o como suas pesquisas, cursos e demais iniciativas são praticadas é prevalente, também. Justamente imbuída por esse imperativo, a Fundacentro imprime em tudo o que faz a pujança da integridade científica, do profissionalismo, da transparência, da cooperação e da inovação. Sem tais valores internos, nosso resultado ficaria muito aquém daquilo que almejamos e devemos.