Notícias

Parceria entre Agência Espacial Brasileira e Universidade Federal de Santa Maria ajudará no mapeamento de tecnologias espaciais nacionais

Publicado em 11/01/2021 14h03 Atualizado em 11/01/2021 14h14

A Agência Espacial Brasileira (AEB), autarquia vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), estabelece parceria com a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) para o desenvolvimento de um sistema de informação para o mapeamento de tecnologias espaciais nacionais (MAPTEC). A iniciativa teve seu início em 2019, com um primeiro levantamento de dados e de ferramentas de descrição de tecnologia feitos pela AEB. 

O MAPTEC é um projeto que objetiva criar um banco de dados do estágio de maturidade da tecnologia espacial nacional, a partir de informações colhidas de diversas fontes: universidades, centros de pesquisa e empresas. Concebido para ampliar nossa consciência sobre o desenvolvimento nacional de tecnologias espaciais, o MAPTEC analisará a maturidade e outras características comuns entre diferentes tecnologias usadas no espaço. Por meio do MAPTEC, será possível comparar tecnologias equivalentes, em diversos estágios de maturidade.


Segundo o coordenador do projeto na UFSM, Prof. Marcelo Zanetti, o MAPTEC "destaca o papel da gestão de projetos e engenharia de sistemas no fomento ao setor espacial nacional, já que é comum iniciar projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico com altas expectativas por resultados exitosos, mas com riscos associados subestimados. Desta forma, principalmente no contexto do Programa Espacial Brasileiro (PEB), que precisa apresentar resultados com recursos bastante limitados, é necessário maximizar o retorno de cada real investido. Para tanto, é importante promover tecnologias que foram demonstradamente bem sucedidas na avaliação de seu amadurecimento e, também, identificar lacunas tecnológicas em um ecossistema de aplicações. Finalmente, além do orgulho em contribuir no desenvolvimento do sistema de informação que auxiliará a AEB nessa tarefa que visa o sucesso do PEB, a UFSM entende o MAPTEC como oportunidade para complementação da formação de alunos do seu curso de graduação em Engenharia Aeroespacial envolvidos direta e indiretamente no projeto".


Para a AEB, o projeto MAPTEC e a colaboração com a UFSM abrirão também oportunidades para cooperar na área de gestão da informação. Por meio do projeto, será possível levantar, de forma detalhada e sistemática, o “patrimônio tecnológico espacial” já desenvolvido no Brasil para se traçarem novas rotas no futuro. A partir desse conhecimento, será possível melhor planejar investimentos e promover a cooperação entre quem faz tecnologia espacial no Brasil. Com isso, o uso de recursos nacionais poderá ser maximizado pela integração dos atores responsáveis pelo desenvolvimento, que são as universidades, os institutos e as empresas.

Sobre a AEB

A Agência Espacial Brasileira é uma autarquia vinculada ao MCTI, responsável por formular, coordenar e executar a Política Espacial Brasileira. Desde a sua criação, em 10 de fevereiro de 1994, a Agência trabalha para viabilizar os esforços do Estado Brasileiro na promoção do bem-estar da sociedade, por meio do emprego soberano do setor espacial.

Coordenação de Comunicação Social – CCS

Assessoria de Relações Institucionais e Comunicação - ARI

 

Ciência e Tecnologia