Notícias

Agência Espacial reúne ex-presidentes para celebrar 27 anos

Cerimônia faz resgate histórico da Agência e destaca perspectivas para o futuro do Programa Espacial
Publicado em 10/02/2021 17h02

Nesta quarta-feira (10), a Agência Espacial Brasileira (AEB) celebra 27 anos de atuação. Para comemorar a data, em tempos de pandemia, foi realizado um evento simbólico, com transmissão virtual para os servidores. Durante a cerimônia, ex-presidentes fizeram um resgate histórico do Programa Espacial Brasileiro e destacaram a relevância do setor para o desenvolvimento sustentável nacional, a partir do fomento às pesquisas, aprimoramentos científicos e de tecnologias.

 Sobre o presente e o futuro da AEB, o presidente Carlos Moura apresentou os projetos em andamento e ressaltou como a Agência tem atuado como uma voz ativa no mercado espacial, a partir de parcerias internacionais, como os Estados Unidos, via Agência Espacial Americana (NASA), tanto para missões quanto para o segmento de capacitação humana, acadêmica e profissional. Segundo o presidente, a AEB caminha para se tornar uma das referências para o setor espacial.

Moura também relembrou a participação dos ex-presidentes que implementaram projetos importantes para a multiplicação do conhecimento no setor. “Estamos trabalhando para reavivar os projetos Uniespaço e AEB Escola, junto ao Ministério (Ciência, Tecnologia e Inovações), CNPq e Finep, que são marcas de sucesso, reconhecidas pelo país. Por isso, devemos agradecer aos ex-presidentes que criaram esses projetos. Hoje, existe uma demanda da sociedade”, afirmou.

 Ao representar o ministro Marcos Pontes, o secretário-executivo do MCTI, major-brigadeiro do Ar Leônidas de Araújo Medeiros Júnior, ressaltou a união de esforços pelo setor espacial. “Por que não alinhar a nossa artilharia de todo o país, os nossos institutos que permeiam o trabalho que a AEB faz? Vamos colocar um objetivo de colocar um brasileiro ou uma brasileira na Lua. Se a gente conseguir trabalhar dessa forma, criando uma sinergia dentro de toda uma gama de competências, de inteligência, de tempos novos, talvez a gente consiga fazer muito daquelas pretensões que a AEB sempre teve”, considerou.

 FRASES DE EX-PRESIDENTES DA AEB - O evento contou com declarações dos ex-presidentes e representantes sobre a atuação da AEB e as perspectivas para o setor espacial.

 "O Brasil não é um país grande, seguramente, só se tornará um grande país quando tivermos toda a pujança do Programa Espacial Brasileiro", Carlos Ganem, 2008 a 2011.

 “As secas de orçamentos, os problemas de ordem geral, a conscientização da sociedade da necessidade e da importância de um país como o Brasil ter um programa espacial forte e que possa atender às suas necessidades, deveria ser algo que todos nós pudéssemos pensar sempre”, Thyrso Vilela Neto, 2012.

 “Muito resta fazer, meus amigos, mas temos a certeza de que todas as iniciativas de revisão e aprimoramento do Programa Espacial Brasileiro serão realizadas sob a égide da marca garantida de sucesso, integração e convergência. Resta-me, então, desejar que mantenham inteira a cruz que lhes comanda para que possam, quando necessário, estendê-la como uma ponte”, José Raimundo Braga Coelho, 2012 a 2019.

 “A AEB acolheu meu pai, primeiro como diretor, depois como presidente, isso ao longo de 5 anos. Nesse período, ele fez amigos, que levou até os seus últimos dias. E essa homenagem faz com que ele retorne à terra em que ele foi mesmo feliz, e isso na forma de um ipê, que era uma planta que ele gostava muito”. Bianca Henze, filha de Miguel Henze (in memorian), 2007 a 2008.

 HOMENAGENS – Como um tributo pela passagem dos ex-gestores pela AEB, foi realizado o plantio de mudas de ipês no Bosque Espaço Ciência, localizado na Agência. Cada planta recebeu o nome de cada um dos nove ex-presidentes, como tributo aos serviços prestados ao Programa Espacial Brasileiro em suas gestões. (Assista ao vídeo abaixo).

 

Para finalizar o evento, foram homenageados 23 colaboradores e servidores que atuam há mais de dez anos na Agência, com diplomas e bótons pelo desempenho de suas funções.

 Sobre a AEB

A Agência Espacial Brasileira é uma autarquia vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) e órgão central do Sistema Nacional de Desenvolvimento de Atividades Espaciais (SINDAE). É responsável por formular, coordenar e executar a Política Espacial Brasileira.

 Desde a sua criação, em 10 de fevereiro de 1994, a Agência trabalha para viabilizar os esforços do Estado Brasileiro na promoção do bem-estar da sociedade, por meio do emprego soberano do setor espacial.

 Coordenação de Comunicação Social - CCS

 



 

Ciência e Tecnologia
error while rendering plone.belowcontenttitle.contents