Notícias

Agência Espacial Brasileira inicia projetos junto ao Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD)

Cooperação tem objetivo de ampliar resultados no setor espacial
Publicado em 31/05/2021 14h20

O primeiro edital para contratação de consultoria técnica especializada, decorrente da parceria entre a Agência Espacial Brasileira (AEB) e o Programa da Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), foi publicado no domingo (30/05).  O objetivo é conquistar cada vez mais a autonomia do Brasil na obtenção e tratamento de dados advindos de sistemas espaciais, por meio de projetos de desenvolvimento de satélite com carga útil dotada de sensor SAR - Synthetic Aperture Radar.

Este é o primeiro de outros editais a serem publicados ainda em 2021, dando continuidade ao processo de desenvolvimento e fortalecimento institucional do Programa Espacial Brasileiro. A parceria com o PNUD cria novas perspectivas para alavancar as ações, desenvolver projetos e apresentar à sociedade resultados cada vez mais consistentes no desenvolvimento de atividades espaciais.

A AEB assinou, em dezembro de 2020, um Acordo de Cooperação com o PNUD, que visa ampliar os resultados no segmento espacial. A indústria espacial lida com tecnologia de ponta e grande densidade de inovação, e busca continuamente por recursos e alternativas que proporcionem o crescimento do setor espacial brasileiro.

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) contribui, há mais de 50 anos, para o crescimento inclusivo e sustentável, de forma contínua e em bases democráticas, sempre em parceria com o Estado, a sociedade civil organizada e o setor privado.

Obtenha mais informações em: bit.ly/AEBPNUD01.

Sobre a AEB

A Agência Espacial Brasileira, órgão central do Sistema Nacional de Desenvolvimento das Atividades Espaciais (SINDAE), é uma autarquia pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), responsável por formular, coordenar e executar a Política Espacial Brasileira.

Desde a sua criação, em 10 de fevereiro de 1994, a Agência trabalha para viabilizar os esforços do Estado Brasileiro na promoção do bem-estar da sociedade, por meio do emprego soberano do setor espacial.

Coordenação de Comunicação Social - CCS

Ciência e Tecnologia