Notícias

Alimentação

"Vida e economia não podem ser dissociados", afirma Presidente na abertura do Congresso Abrasel

Evento reúne principais empresários e representantes de bares e restaurantes do País
Publicado em 26/08/2020 15h27
"Vida e economia não podem ser dissociados", afirma Presidente na abertura do Congresso Abrasel

Presidente Bolsonaro esteve presente na abertura do 32° Congresso Nacional da Abrasel. - Foto: Carolina Antunes/PR

O Presidente da República, Jair Bolsonaro, participou, na noite dessa terça-feira (25), da abertura do 32º Congresso Nacional da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) e destacou o apoio para a retomada econômica do País. Na ocasião, em discurso para empresários, o Presidente afirmou que vida e economia não podem ser dissociados.

Fui muito criticado por isso. Falava constantemente, desde março, como agora a OMS também reconhece, através do seu diretor-geral, dizendo que vida e economia não podem ser dissociados. Parabéns. Cinco meses depois de uma pessoa que é militar, não tem nada a ver com a medicina, já havia falado." disse o Presidente.

O presidente da Abrasel, Paulo Solmucci, reconheceu a rapidez na tomada de decisão por parte do Governo Federal e afirmou que foi ouvido com atenção pelo Presidente Bolsonaro e pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, sobre o colapso que viria assolar a economia do Brasil, no começo de março. "O presidente precisou de 15 minutos para se convencer. Rapidamente nos reunimos com Paulo Guedes que soltou poderosas medidas que evitaram um caos ainda maior”, disse Solmucci.

O evento reúne, até o dia 28, os principais empresários e representantes do setor da alimentação fora do lar para discutir os desafios e apresentar propostas para ganho de produtividade em bares, restaurantes e afins.