Notícias

Cidadania

Bolsonaro libera quase R$ 1 bi para estados afetados pelas fortes chuvas na região Sudeste

Presidente sobrevoou áreas atingidas em Minas Gerais na tarde desta quinta-feira (30); recursos possibilitarão reconstrução da infraestrutura das cidades afetadas e o restabelecimento de serviços essenciais à população
Publicado em 30/01/2020 18h19 Atualizado em 30/01/2020 20h25
Presidente sobrevoa áreas atingidas pelas fortes chuvas e libera quase R$ 1 bi

Presidente Jair Bolsonaro sobrevoa áreas atingidas por fortes chuvas em Minas Gerais - Foto: Alan Santos/PR

Após sobrevoar de helicóptero as áreas atingidas pelas fortes chuvas em Minas Gerais, o presidente Jair Bolsonaro participou, nesta quinta-feira (30), de reunião de trabalho em que editou medida provisória que abre crédito extraordinário, no valor de R$ 892 milhões, em favor do Ministério do Desenvolvimento Regional.

O objetivo da medida é viabilizar auxílio emergencial financeiro para auxiliar os Estados do Espírito Santo, Minas Gerais e Rio de Janeiro após as fortes chuvas que assolaram aquelas áreas, causando grande destruição nos municípios atingidos e desabrigando inúmeras famílias.

"Disponibilizamos hoje R$ 1 bilhão para esta região Sudeste atingida. Também os demais ministros, como Infraestrutura, a liberação de rodovias que estavam bloqueadas. A Caixa Econômica Federal, com a liberação de FGTS, a Saúde, bem como os demais ministérios" disse Bolsonaro. "Estamos trabalhando ombro a ombro para buscar mitigar os problemas ocorridos com essa catástrofe que aconteceu nos últimos dias", completou.

Com essa medida, o Governo Federal espera promover a reconstrução da infraestrutura das cidades afetadas e o restabelecimento de serviços essenciais à população.

O Ministério do Desenvolvimento Regional já liberou R$ 7,7 milhões para auxiliar a cidade de Belo Horizonte. Os recursos, solicitados pelo município, serão aplicados na limpeza, recuperação do sistema de drenagem e pavimentação de ruas da capital mineira.

Confira outras ações do Governo Federal:

Bolsa Família

O Ministério da Cidadania liberou o pagamento do benefício para todas as famílias beneficiárias dos municípios afetados já no primeiro dia do calendário de pagamentos do Programa Bolsa Família, desconsiderando o escalonamento para agilizar o acesso ao benefício. Também foi antecipado o calendário do pagamento do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e de acesso, mediante aceite do beneficiário, do valor correspondente ao crédito de um mês do benefício. 

Alertas para chuvas intensas

Desde a última quarta-feira (22), órgãos do Governo Federal fazem um alerta conjunto para chuvas intensas e altos acumulados de precipitação na faixa que compreende o Espírito Santo, Goiás, Minas Gerais e Rio de Janeiro, além do Distrito Federal. A previsão aponta que os totais pluviométricos podem alcançar de 150 milímetros a 400 milímetros, impactando severamente esses estados. 

As agências federais orientaram as defesas civis dos estados e municípios a remeterem o alerta aos demais órgãos que compõem seus sistemas de proteção e defesa civil, além de compartilharem as informações com institutos locais de previsão de clima e tempo. Além disso, cabe às Defesas Civis que atuam nas localidades o envio de alertas aos gestores municipais e às populações vulneráveis. 

Por meio do sistema da Defesa Civil Nacional, já foram disparados mais de 2.600 alertas à população. É uma importante ferramenta do Governo Federal para estados e municípios evitarem mais perdas humanas e materiais.

Para se cadastrar, o cidadão precisa enviar um SMS com o CEP de interesse para o número 40199 e receberá a seguinte mensagem: “Cadastro realizado com sucesso. O celular está apto a receber alertas e recomendações de Defesa Civil...”. É permitido cadastrar mais de um CEP. 

Ações em Minas Gerais

O Ministério da Saúde enviou de cerca de 2 toneladas de 30 tipos de medicamentos e 18 insumos, o equivalente a 8 ‘kits Calamidades’, com capacidade para atendimento de 12 mil pessoas/mês (cada kit atende 1.500 pessoas). Do total dos 8 kits, 4 já foram entregues (1 kit para o município de Ibirité, 2 kits para Manhuaçu e 1 kit para Contagem) e mais 4 foram autorizados (2 kits para o município de Sabará, 1 kit para São Gonçalo do Rio Abaixo e 1 kit para Cataguases), conforme pedido do estado à pasta.

O MS também autorizou o envio de 63.350 doses da vacina hepatite A para a Secretaria Estadual da Saúde de Minas Gerais (SES – MG). Desse total, 3.350 já foram entregues e as outras 60 mil doses serão enviadas nesta quinta-feira (30).

Ações no Estado do Espírito Santo

O Ministério da Saúde autorizou o envio de 8 ‘kits Calamidades’, com medicamentos e insumos estratégicos, sendo 3 kits já entregues e mais 5 autorizados.

Autorizou também o envio de 60.000 doses da vacina hepatite A e 60.000 doses da vacina dupla adulto (Difteria e Tétano) para a Secretaria Estadual da Saúde do Espírito Santo; e o envio de 20 mil frascos de hipoclorito de sódio 2,5% para a realização de tratamento intradomiciliar da água para consumo humano, nos municípios afetados.