Notícias

PARQUES

Lançados editais para estudos de concessão de parques nacionais

Oito parques serão contemplados neste primeiro momento. Iniciativa objetiva promover o turismo e o patrimônio cultural e natural no país
Publicado em 23/02/2021 17h56 Atualizado em 23/02/2021 18h20

O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses está entre as unidades contempladas. Crédito: Biaman Prado/MTur

Foram lançados na noite desta segunda-feira (22.02) os primeiros editais para a realização de estudos técnicos com o objetivo de subsidiar as concessões de unidades de conservação federais. A ação é um esforço conjunto entre os ministérios do Turismo e do Meio Ambiente, a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO) e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). (Acesse os editais AQUI)

Serão desenvolvidos estudos e proposições para concepção de modelagem técnica e operacional, engenharia, arquitetura, assim como de viabilidade econômico-financeira para as concessões. Os estudos serão realizados no prazo de 120 dias após a assinatura do contrato.

As unidades de conservação contempladas são: Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA), Parque Nacional de Jericoacoara (CE), Parque Nacional da Chapada dos Guimarães (MT), Parque Nacional da Serra dos Órgãos (RJ), Parque Nacional da Serra da Bodoquena (MS), Parque Nacional de Ubajara (CE), Parque Nacional de Brasília (DF) e Floresta Nacional de Brasília (DF). Nas próximas semanas, devem ser lançados editais de estudo para outras unidades de conservação federais contempladas na parceria.

Os projetos farão parte do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), criado no âmbito da Presidência da República com a finalidade de ampliar e fortalecer a interação entre o Estado e a iniciativa privada por meio da celebração de contratos de parceria e de outras medidas de desestatização. Os empreendimentos qualificados no PPI são tratados como prioridade nacional, devendo os órgãos e entidades envolvidos atuarem para que os processos e atos necessários à estruturação, liberação e execução do projeto ocorram de forma eficiente e econômica.

 

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo 

Assessoria de Comunicação do Ministério do Meio Ambiente

Viagens e Turismo