Notícias

EXPERIÊNCIAS DO BRASIL RURAL

“Terras Altas da Mantiqueira” e “Rota do Queijo” são validadas por equipe do MTur e UFF

Visitas técnicas em Minas Gerais ocorreram entre 15 e 19 de novembro. Esta é uma das últimas etapas da iniciativa, que pretende qualificar roteiros rurais do país
Publicado em 19/11/2021 15h35
WhatsApp Image 2021-11-19 at 15.30.26.jpeg

Equipes validaram os roteiros mineiros durante toda a semana. Crédito: Nane Fagundes e Rodrigo Canez/UFF

Os encantos da Serra da Mantiqueira e os sabores dos reconhecidos queijos mineiros foram o destino da segunda semana de validações do Projeto Experiências do Brasil Rural, finalizadas nesta sexta-feira (19.11). Técnicos do Ministério do Turismo e da Universidade Federal Fluminense (UFF) acompanharam de perto as atividades desenvolvidas pelas rotas “Gourmet das Terras Altas da Mantiqueira” e “Queijo Terroir Vertentes”, em Minas Gerais. Esta é uma das últimas etapas da iniciativa, desenvolvida em conjunto com o Ministério das Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA).

Para o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, a vasta diversidade rural e turística mineira não poderia ficar de fora dessa importante ação. “Minas Gerais é um dos destinos mais reconhecidos do país por sua gastronomia. E isso é fruto de um trabalho organizado e desenvolvido por uma cadeia produtiva que vem do campo e que traz aquele sabor especial, principalmente no queijo. Então, vejo que esse projeto só vai agregar ainda mais ao turismo do estado e, consequentemente, gerar empregos e desenvolvimento para toda a região”, destaca.

Na rota “Terras Altas da Mantiqueira”, os técnicos puderam vivenciar o que os municípios mineiros de Aiuruoca, Alagoa, Bocaina de Minas, Itamonte, Itanhandu, Passa Quatro, Pouso Alto, São Sebastião do Rio Verde e Serranos, que compõem o roteiro, têm a apresentar aos turistas. Um exemplo foi a produção de queijos artesanais de vaca e búfala, tradição iniciada por imigrantes italianos. Além disso, a equipe pôde aproveitar experiências com cervejas artesanais, azeites, mel e variedades viníferas que datam dos séculos XIV e XX.

Ainda em Minas Gerais, outra equipe participou do processo de validação da Rota do Queijo Terroir Vertentes, circuito que percorre municípios integrantes da Trilha dos Inconfidentes, como São João del-Rei, Barbacena e Tiradentes. Entre as experiências desenvolvidas, os técnicos puderam acompanhar a fabricação e a comercialização de produtos como queijos, doces, manteiga, iogurtes e pão de queijo. Ainda durante a visita, eles passaram por um cafezal, onde ouviram explicações sobre o processo de manejo e degustação dos produtos da região. Por fim, a validação envolveu experiências com artigos de charcutaria, laticínios e os queijos orgânicos e minas artesanal.

PROJETO - A fase inicial do Experiências do Brasil Rural envolveu um diagnóstico das rotas, que indicou pontos fortes e quesitos passíveis de aprimoramentos. Em seguida, houve capacitações e a formatação de vivências memoráveis nos destinos. Os produtos e serviços desenvolvidos estão sendo validados durantes este mês de novembro, a partir de visitas presenciais de coordenadores do projeto. Por fim, o Experiências do Brasil Rural vai focar em ações de apoio à promoção e à comercialização dos roteiros.

PRÓXIMAS VISITAS - As visitas dos técnicos do projeto continuam na próxima semana, desta vez em Santa Catarina e no Pará. Os roteiros “Caminhos do Campo” e “Amazônia Atlântica” passarão por validações da equipe do Ministério do Turismo e da Universidade Federal Fluminense. Nas semanas subsequentes, os trabalhos ocorrerão no roteiro “Terra Mãe do Brasil, seus caminhos, segredos e sabores”, na Bahia.

Por Victor Maciel

Assessoria de Comunicação do Ministério do Turismo

Viagens e Turismo