Notícias

Internacional

Secretária nacional da ABCD é nomeada membro do Conselho de Administração do iNADO

Instituto que reúne diversas autoridades nacionais antidopagem terá representante brasileira na definição das estratégias para o programa internacional sobre o tema
Publicado em 13/07/2021 09h51

A secretária nacional da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), Luisa Parente, foi escolhida para integrar o Conselho de Administração do Instituto das Organizações Nacionais Antidopagem (iNado, na sigla em inglês). Na reunião virtual realizada em 7 de julho, os demais membros do conselho elegeram por unanimidade a brasileira como a oitava representante do órgão, cargo que estava vago.


“O iNADO tem o prazer de dar as boas vindas a Luisa, que juntamente com os atuais sete membros do Conselho de Administração, vai ajudar a orientar o iNADO nos próximos anos. Ela liderou a ABCD com sucesso e sua nomeação aproxima o iNADO de uma região do mundo que até hoje não estava adequadamente representada neste Conselho ”, afirmou Michael Ask, presidente do instituto que reúne as autoridades nacionais antidopagem.

“Sinto-me honrada com esta nomeação, levando o Brasil, por meio da ABCD, a uma posição importante e estratégica no cenário internacional antidopagem”, agradeceu Luisa Parente. “Estamos seguindo a visão estratégia da ABCD em tornar o Brasil uma referência mundial em antidopagem, com ações concretas dentro e fora do país”, completou.

A secretária nacional destacou ainda a representatividade do Brasil em outras entidades internacionais como a Agência Mundial Antidopagem (AMA) e a Unesco. “Temos a coordenadora geral de Gestão de Resultados, Luciana Corrêa, como membro do Grupo de Estudos da Agência Mundial Antidopagem para a área e o diretor Anthony Moreira que integra a força tarefa junto à Unesco na reformulação dos questionários de avaliação de conformidade da Conferência das Partes (COP) na luta contra a dopagem no esporte”.

Luisa Parente ficará no cargo até a eleição da Assembleia Geral da iNADO em 2022, podendo se candidatar para um novo mandato de dois anos. O instituto advoga pela independência das NADO’s e outras organizações antidopagem no desenvolvimento de seus programas e operações. O Conselho de Administração é responsável pelas discussões das estratégias e prioridades da organização.

Diretoria de Comunicação – Ministério da Cidadania, com informações da iNADO