Notícias

GAMIFICAÇÃO

Divirta-se online com o Jogo de Governo Aberto

Agora a ferramenta, que dissemina boas práticas sobre Governo Aberto, também pode ser usada virtualmente.
Jogo_de_governo_aberto_capa.png

O Jogo de Governo Aberto, lançado pela Controladoria-Geral da União (CGU) em junho, agora também está disponível para ser usado virtualmente por qualquer entidade ou cidadão que tenha interesse em aprender e disseminar boas práticas sobre o tema. O recurso educacional, desenvolvido em parceria com a Fast Food da Política e com o Instituto de Governo Aberto (IGA), traz casos reais de governo aberto para mostrar de forma lúdica e divertida como o termo se concretiza na prática e quais os caminhos e princípios são necessários para a formação desta nova visão da administração pública.

O material foi construído para atingir o maior número de pessoas, no intuito de difundir os conceitos, princípios e vantagens de governo aberto. Sua dinâmica busca demonstrar como é importante a colaboração entre governo e sociedade para que seja alcançado um governo mais aberto. Por ser um jogo colaborativo, os jogadores precisam se unir para conseguirem formar trilhas compostas por princípios fundamentais: Participação Social, Transparência e Responsabilização.
O jogo foi elaborado para diversos públicos e pode ser utilizado em diferentes ocasiões como em processos de formação, de sensibilização e de capacitação para gestores públicos, cidadãos e estudantes. Trata-se de um recurso educacional aberto permitindo que qualquer pessoa ou instituição use e reutilize o jogo. Para jogá-lo no formato virtual, basta acessar a seção no site, fazer o cadastro e seguir as instruções. É possível também jogá-lo em formato físico. Para isso, é preciso imprimir as cartas e seguir as instruções do manual que estão disponíveis na seção.


O produto é parte das atividades previstas para execução do "Compromisso 1: Governo Aberto em Estados e Municípios - Monitoramento e Execução", do 4º Plano de Ação Nacional, no âmbito da Parceria para Governo Aberto (OGP). O objetivo desse compromisso é desenvolver ações colaborativas para disseminar conhecimento e mapear boas práticas de governo aberto, com vistas a promover engajamento subnacional.

Parceria para Governo Aberto (OGP)

A iniciativa internacional tem como objetivo principal difundir e incentivar globalmente práticas governamentais relacionadas à transparência dos governos, à prevenção da corrupção, ao acesso à informação pública e à participação social. Atualmente, quase 80 nações integram a OGP. As ações relativas à Parceria são operacionalizadas por meio de um “Plano de Ação Nacional”. Os planos de ação são criados pelos próprios países, de acordo com as áreas nas quais precisam se desenvolver. O Brasil está executando o seu 4º Plano de Ação Nacional. O 4º Plano contém 11 compromissos, os quais foram desenhados e discutidos com o envolvimento de representantes da sociedade e do governo.