Jogo de Governo Aberto


O que é governo aberto? Se você já conhece o tema e quer saber mais, ou então, se você não tem a mínima ideia do que se trata, mas ficou curioso: este jogo é para você! O Jogo de Governo Aberto, um projeto da Controladoria-Geral da União (CGU), da Fast Food da Política e do Instituto de Governo Aberto (IGA), pretende mostrar como esse termo se torna realidade ou se concretiza na prática, apresentando o caminho que deve ser trilhado para a formação desta nova visão da administração pública.

A iniciativa foi elaborada para diversos públicos e pode ser utilizado em diferentes ocasiões como em processos de formação, de sensibilização e de capacitação para gestores públicos, cidadãos e estudantes. 

Nesta seção, você pode baixar livremente a versão física do jogo para impressão, consultar as regras do manual e, ainda, conhecer a versão digital (online). Conheça!

Sobre o Jogo

O Jogo de Governo Aberto foi construído para atingir o maior número de pessoas, no intuito de difundir os conceitos, os princípios e as vantagens dos mecanismos de governo aberto. Sua dinâmica busca demonstrar como é importante a colaboração entre governo e sociedade para que seja alcançado um governo mais aberto. Por ser um jogo colaborativo, os jogadores precisam se unir para conseguirem formar trilhas compostas por princípios fundamentais: Participação Social, Transparência e Responsabilização.

O jogo foi elaborado para diversos públicos e pode ser utilizado em diferentes ocasiões como em processos de formação, de sensibilização e de capacitação para gestores públicos, cidadãos e estudantes. Além disso, trata-se de um recurso educacional aberto permitindo que qualquer pessoa ou instituição use e reutilize o jogo. Para isso, basta imprimir as peças e seguir as instruções do manual.

Manual e Regras

Jogadores: no mínimo, 4 e, no máximo, 6 jogadores.
Contém: 1 dado, 29 cartas de Eventos, 6 cartas de atores e 98 cartas de ações.
Dinâmica: Cada ator possui o seu próprio baralho de ações, as quais se dividem nas categorias: Transparência, Participação Social e Responsabilização, eixos essenciais para um governo aberto.

Acesse: Manual em PDF | Manual Digital

Vídeo

Sobre Governo Aberto

O conceito de Governo Aberto não é único, entretanto, em todas as abordagens, é comum o entendimento de que um governo é aberto quando adota medidas que contribuem para a transparência, a participação social e a responsabilização. Podemos citar, como exemplos, a abertura de dados realizada pelo governo, a publicação de informações, a criação de espaços de diálogo com o cidadão e a realização de processos colaborativos com a população.

Além disso, merecem destaque também a contínua prestação de contas e a responsabilização do governo por seus atos e decisões. Não podemos nos esquecer, contudo, que, para um governo ser efetivamente aberto e conseguir mudar a vida das pessoas, é fundamental que todos os outros segmentos da sociedade estejam envolvidos em suas iniciativas: ONGs, movimentos sociais, empresas, cidadãos, etc. Cada um deve desempenhar o seu papel para garantir que a relação entre governo e sociedade aconteça da melhor forma possível.

Realização

Controladoria-Geral da União (CGU)
Fast Food da Política
Instituto de Governo Aberto