Notícias

5° Plano de Ação Nacional

Última semana para contribuir com a definição dos temas da sociedade civil para o 5° Plano de Ação Nacional

Os temas podem ser indicados até dia 5 de fevereiro na plataforma Participa + Brasil
Publicado em 01/02/2021 09h36

O Brasil está em fase inicial do processo de elaboração do 5° Plano de Ação Nacional no âmbito da Parceria para Governo Aberto (Open Government Partnership - OGP). Esta primeira etapa tem como objetivo identificar questões que a sociedade gostaria de ver aprofundadas e discutidas por atores especializados da sociedade civil e do governo, com a finalidade de construírem, em conjunto, compromissos que farão parte do 5º Plano de Ação Nacional. 

Qualquer cidadão pode contribuir com a definição dos temas priorizados pela sociedade civil até o dia 5 de fevereiro de 2021.

Os temas sugeridos serão compilados e sistematizados, sendo posteriormente apresentados para priorização por meio de votação aberta. Pelo menos cinco dos temas priorizados pela sociedade integrarão o 5º Plano de Ação Nacional juntamente com os temas priorizados governo. Participe!

>> Instruções para participar:

1. Faça seu cadastro na plataforma Participa + Brasil;
2. realize seu login;
3. Acesse a consulta “5º Plano de Ação de Governo Aberto do Brasil - Definição de temas”;
4. Envie sua contribuição; e
5. Acompanhe a página do Governo Aberto para mais informações


Governo Aberto

O Governo Aberto refere-se a uma nova visão da Administração Pública que promove projetos e ações voltados ao aumento da transparência, à luta contra a corrupção, ao incentivo à participação social e à inovação. Tem o objetivo de tornar os governos mais responsáveis por suas ações e preparados para atender às necessidades dos cidadãos.

A Parceria para o Governo Aberto (Open Government Partnership - OGP) é uma iniciativa internacional que tem o objetivo incentivar globalmente práticas relacionadas à transparência dos governos, ao acesso à informação pública e à participação social.

Plano de Ação

As ações relativas à OGP são operacionalizadas por meio de um Plano de Ação criado por cada país de acordo com as áreas nas quais precisam desenvolver. Cada nação participante especifica quais são os seus compromissos e delimita as estratégias e atividades para concretizá-los. O Brasil está finalizando a execução do 4º Plano e iniciando a elaboração do 5º Plano Nacional.

A participação ampla de atores que representem a diversidade social do país potencializa o alcance das ações implementadas no que diz respeito às políticas de governo aberto. Por esse motivo, considera-se imprescindível que os diversos segmentos (sociedade, setor privado, academia) participem ativamente da construção do Plano.