Notícias

Ambiente de negócios do País é tema de reunião com Banco Mundial

Atuação do Brasil para melhorar a posição do país no ranking Doing Business foi o foco da reunião ocorrida
Publicado em 12/02/2021 16h22 Atualizado em 12/02/2021 19h30
Ambiente de Negócios

A convite da Seme, também participaram da reunião especialistas de Secretarias Especiais do Ministério da Economia e a Central dos Registradores do Brasil, por meio da Associação dos Registradores Imobiliários de São Paulo (Arisp).

“Essa foi uma reunião muito importante. Além de aproximar os técnicos do Governo brasileiro e do Banco Mundial, com ela podemos conhecer o resultado da análise do Banco para um extenso relatório de melhorias realizadas pelo Brasil, que foram submetidas ao organismo internacional. Estamos com ações concretas para ver o país subir no ranking Doing Business, de forma consistente, pelos próximos 3 ou 4 anos seguidos”, explica o Secretário Especial da Seme/SG, José Ricardo da Veiga.

Também participaram do encontro os diretores do Banco Mundial, Norman Loayza e Paloma Casero, além do subsecretario-geral da Receita Federal, Decio Rui, e especialistas dos órgãos presentes.

Umas das metas da gestão do presidente Jair Bolsonaro é melhorar o ambiente de negócios do país. Essa capacidade é mensurada por alguns rankings internacionais, que comparam a facilidade em se fazer negócios em diversas nações. Um desses rankings é o Doing Business, organizado pelo Banco Mundial.

A Seme faz a coordenação nacional das ações para progressão da posição do Brasil nesse ranking, que mensura indicadores relacionados a capacidade de fazer e implementar negócios em 190 países. No Brasil, os indicadores considerados são medidos em São Paulo e Rio de Janeiro, as maiores economias do país.