O que muda com o Novo eSocial Simplificado

O que muda com o Novo eSocial Simplificado

1. O que é o Novo eSocial Simplificado?

O Novo eSocial Simplificado é o sistema que substituirá o eSocial implantado desde 2015. Ele foi pensado para ser mais fácil, mais simples e, ao mesmo tempo, preservar todos os investimentos feitos pelas empresas e demais empregadores.

Ele vai ao ar no dia 10/05/2021, mas a preparação para a mudança ocorrerá um pouco antes, seguindo algumas regras que veremos a seguir.

2. O que muda?

O novo sistema possui um leiaute (estrutura de dados) novo, sendo que informações já constantes de outros bancos de dados oficiais não são mais solicitadas, o que reduz a quantidade de informações e facilita o preenchimento. Além disso, as regras do sistema foram flexibilizadas, permitindo mais agilidade e menos erros.

Tanto as empresas quanto os demais empregadores, inclusive os domésticos, são beneficiados pelas mudanças.

3. Como acontecerá a transição?

Toda mudança de sistema depende de uma série de adaptações e regras para sua implantação. Com o Novo eSocial Simplificado não é diferente. Assim, durante a mudança do antigo eSocial para o Novo eSocial, serão necessárias algumas regras transitórias, de forma a permitir a mudança. Além disso, no momento da “virada de chave”, o sistema precisará sair do ar por algum tempo, para que a implantação ocorra sem erros.

Vamos às regras:

EMPREGADORES DOMÉSTICOS

  • A folha de pagamento do mês de maio/2021 só ficará disponível quando o sistema estiver totalmente atualizado para a nova versão.
  • Os eventos já informados na versão antiga permanecem válidos (férias, afastamento, desligamento, folhas, etc.)Contudo, caso seja necessário que esse evento seja atualizado para a nova versão, o sistema alertará o usuário e solicitará o seu reenvio.
  • A data de pagamento dos salários não será informada na folha de abril/2021, sem nenhum prejuízo para o empregador.
  • Caso um evento trabalhista tenha deixado de ser informado e ele impactar alguma folha já fechada, será necessário reabri-la e encerrá-la novamente.
  • Caso alguma folha antiga seja reaberta e tenha sua respectiva data de pagamento no mês seguinte (por exemplo, folha de janeiro/21 com pagamento em 02/02/2021), o encerramento desta folha só será possível se a folha do mês seguinte também estiver aberta (no exemplo, a folha de fevereiro deverá estar aberta para que janeiro seja fechada).