Institucional

Superintendência da Zona Franca de Manaus - CNPJ 04.407.029/0001-43

A Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) é uma autarquia vinculada ao Ministério da Economia que administra a Zona Franca de Manaus (ZFM), com a responsabilidade de construir um modelo de desenvolvimento regional que utilize de forma sustentável os recursos naturais, assegurando viabilidade econômica e melhoria da qualidade de vida das populações locais.

Com cinco decênios de existência, a Suframa viabilizou a implantação dos três polos que compõem a ZFM - comercial, industrial e agropecuário - e promove a interiorização do desenvolvimento por todos os Estados da área de abrangência do modelo, identificando oportunidades de negócios e atraindo investimentos para a região tanto para o Polo Industrial de Manaus quanto para os demais setores econômicos da sua área de atuação.

Endereço



Avenida Ministro Mário Andreazza, 1.424, Distrito Industrial, Manaus/AM - CEP: 69075-830

Horário de Atendimento



Segunda a Sexta-feira, das 8h às 17h
(Hora de Manaus. UTC - 04:00)

Telefone



+55 (92) 3215-9300

Missão

Promover o desenvolvimento econômico regional, mediante geração, atração e consolidação de investimentos, apoiado em educação, ciência, tecnologia e inovação, visando à integração nacional e inserção internacional competitiva.

Visão de Futuro

Ser uma agência padrão de excelência na indução do desenvolvimento sustentável, reconhecida no país e no exterior.

Objetivos Estratégicos

Os objetivos estratégicos elencados abaixo direcionam a Suframa para o cumprimento da sua missão:

  • POTENCIALIZAR o Pólo Industrial de Manaus (PIM);
  • INCREMENTAR as atividades agropecuárias, florestais e agroindustriais;
  • FORTALECER as atividades de serviços e do comércio de mercadorias;
  • AMPLIAR as exportações e substituir competitivamente as importações;
  • ATRAIR investidores nacionais e estrangeiros e apoiar o empreendedorismo local;
  • APRIMORAR meios para a irradiação dos efeitos positivos da ZFM e das ALC em prol da qualidade de vida e do desenvolvimento endógeno;
  • ESTIMULAR os investimentos e fortalecer a formação de capital intelectual e em ciência, tecnologia e inovação pelos setores público e privado; e
  • IDENTIFICAR e ESTIMULAR investimentos em infra-estrutura pelos setores público e privado.

Organização