Notícias

Combate ao coronavírus

Funai realiza força-tarefa de prevenção ao novo coronavírus no Tocantins

Servidores da Fundação reforçaram as medidas de isolamento e a proibição da entrada de não indígenas nos territórios
Publicado em 12/05/2020 14h00 Atualizado em 12/05/2020 18h18
CR-ATO1.png

Os servidores da Funai reforçaram as medidas de isolamento e a proibição da entrada de não indígenas nos territórios. - Foto: Funai

A Fundação Nacional do Índio (Funai), por meio da Coordenação Regional Araguaia Tocantins e da Coordenação Técnica Local de Tocantínia, criou uma força-tarefa para orientar a população de 93 aldeias nas Terras Indígenas Funil e Xerente (TO) sobre a prevenção à Covid-19. Os servidores da Funai, em parceria com a Secretaria Especial de Saúde Indígena e a Prefeitura de Tocantínia, reforçaram as medidas de isolamento e a proibição da entrada de não indígenas nos territórios.

A força-tarefa também prestou informações sobre o saque do Auxílio Emergencial disponível para indígenas. Durante três dias de operações, o grupo contou com o apoio de uma equipe de saúde composta por um médico, um técnico em enfermagem, um dentista e um auxiliar dentista, que orientaram a população das aldeias sobre medidas de higiene pessoal e prevenção ao contágio do coronavírus. Servidores da Vigilância Sanitária da Prefeitura de Tocantínia também participaram da operação.

Conforme relata o coordenador regional de Araguaia Tocantins, Osmar Gomes de Lima, a articulação entre os órgãos governamentais foi fundamental para a execução das ações de prevenção nas aldeias. "Em uma situação de urgência, o atendimento dessas demandas diretamente nas Terras Indígenas Funil e Xerente só foi possível com o planejamento e execução conjunta pelos órgãos envolvidos. Essa parceria conseguiu atingir um grande número de famílias indígenas em um curto período de tempo", afirmou.

Com informações da Funai