Notícias

covid-19

Funai irá distribuir 400 mil cestas básicas nas aldeias indígenas

Medida visa segurança alimentar dessa população durante a pandemia
Publicado em 11/05/2020 18h02
Funai irá distribuir 400 mil cestas básicas nas aldeias indígenas do país

Coordenação da Funai em Minas Gerais e Espírito Santo já entregou 1 mil cestas de alimentos. - Foto: Acervo/Funai

A Fundação Nacional do Índio (Funai) vai distribuir 400 mil cestas básicas nas aldeias indígenas do País. Esta é apenas uma das ações de proteção a 800 mil indígenas durante a pandemia do novo coronavírus. De acordo com o presidente da Funai, Marcelo Xavier, em entrevista à Voz do Brasil, as cestas básicas garantem a segurança alimentar dos indígenas e serão distribuídas até o fim do mês.

Xavier também detalhou outras medidas tomadas para a proteção dos indígenas durante a pandemia. "Nós também estamos fazendo as barreiras sanitárias para impedir o acesso e a saída dos indígenas evitando a contaminação e disseminação do vírus. Também estamos mandando para as nossas 39 coordenações regionais aproximadamente 200 mil unidades de material de EPis envolvendo luvas, máscaras, toucas, óculos e outros itens", destacou.

De acordo com o presidente, a Funai recebeu dez milhões adicionais para ajudar no combate ao novo coronavírus. Com esse recurso, a fundação comprou aproximadamente 60 mil cestas básicas que foram distribuídas para as 39 coordenações regionais. O recurso também ajudou na compra e distribuição de sementes, ferramenta para agricultura dos indígena, material para pesca para, assim, garantir o conforto dos indígenas dentro das aldeias para que eles não saiam e corram risco de contaminação.

A Funai também conta com o apoio da campanha Empresa Solidária para que empresas ajudem na doação de itens como cestas básicas, materiais de higiene, ferramenta e sementes.

Com informações da Voz do Brasil e Funai