Notícias

HUWC e MEAC recebem certificação da Anvisa que atesta excelência em segurança do paciente

Publicado em 15/07/2021 13h40 Atualizado em 15/07/2021 13h46
Certificado ANVISA.jpeg

Fortaleza, 15 de julho de 2021 – O Hospital Universitário Walter Cantídio e a Maternidade-Escola Assis Chateaubriand foram reconhecidos mais uma vez pelas boas práticas de segurança do paciente. Os hospitais, que compõem o Complexo Hospitalar da UFC/Ebserh, receberam, cada um, da Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa) um certificado constatando que participaram da Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente em 2020 e que alcançaram índices satisfatórios de conformidade com relação aos indicadores de estrutura, processo e gestão de risco (76,2% HUWC e 95,2% MEAC). O percentual da Maternidade-Escola colocou a instituição entre as cinco mais bem posicionadas do Ceará com relação ao alto índice de conformidade.

A metodologia de avaliação usada foi a autoavaliação das práticas de segurança do paciente em serviços de saúde em hospitais com leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Esses hospitais responderam a um questionário e, a partir das respostas, seus dados foram analisados e confirmados por meio de documentação. O relatório anual divulgado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) apontou os critérios de segurança do paciente avaliados e a lista por estado dos serviços de saúde com alta conformidade. Entre os quesitos analisados estão a instituição de um plano de segurança do paciente com protocolos de prevenção de infecções, de cirurgia segura e segurança na prescrição, uso e administração de medicamentos.

Na última terça-feira (13), ocorreu uma cerimônia para entrega dos certificados aos hospitais cearenses que participaram da Avaliação Nacional das Práticas de Segurança do Paciente 2020. O evento ocorreu na Escola de Saúde Pública do Ceará Paulo Marcelo Martins Rodrigues (ESP-CE), sob coordenação da Anvisa em parceria com o Núcleo de Segurança do Paciente da Vigilância Sanitária do Ceará. Os médicos Arnaldo Aires Peixoto Júnior, gerente de Atenção à Saúde do HUWC; e Francisco Edson de Lucena Feitosa, gerente de Atenção à Saúde da MEAC, foram representando a instituições em que atuam.

“Estamos muito felizes por conquistar esse reconhecimento, fruto de muita dedicação das equipes e da missão de assistir com segurança. Continuaremos trabalhando firmes para atingir os 100%”, comemora Edson Lucena. Arnaldo Peixoto frisa que, no HUWC, são praticadas ações que visam reduzir o risco de dano no cuidado com a saúde dos pacientes. A meta do hospital é diminuir as ameaças ao mínimo possível, especialmente no que se refere à infecção e à ocorrência de eventos adversos.

As outras instituições premiadas foram: Hospital Regional Norte (HRN), em Sobral; Hospital Regional do Sertão Central (HRSC), em Quixeramobim; Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte; Hospital Geral Dr. César Cals; Hospital Geral Dr. Waldemar Alcântara; Hospital Geral de Fortaleza; Hospital Otoclínica; Hospital e Maternidade Gastroclínica; e Hospital Antônio Prudente.

 

Sobre a Ebserh 

O Complexo Hospitalar da UFC, formado pelo Hospital Universitário Walter Cantídio e pela Maternidade-Escola Assis Chateaubriand, faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde novembro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Os hospitais universitários são, por sua natureza educacional, campos de formação de profissionais de saúde. A Rede Hospitalar Ebserh não é responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país, apenas atua de forma complementar ao SUS.

 

Com informações da Assessoria de Comunicação da Escola de Saúde Pública do Ceará (ESP-CE)