Galeria de Imagens

Transformação Digital

Desafios da área de tecnologia são abordados em evento nacional da Rede Ebserh

Encontro de Gestores de TIC tem programação até sexta-feira, 26
Publicado em 25/11/2021 10h47
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (1).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (2).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (3).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (4).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (5).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (6).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (7).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (8).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (9).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (10).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (11).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (12).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (13).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (14).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (15).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (16).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (17).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (18).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (19).jpg
24112021 - EncontroTecnologia da Informação Ebserh (20).jpg

Brasília (DF) – Visando estimular discussões sobre avanços e desafios na área de transformação digital, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) iniciou, nesta quarta-feira, 24, o Encontro de Gestores de TI da Rede Ebserh 2021. O evento traz painéis para discutir temas atuais e de interesse das unidades hospitalares como transformação digital em saúde, as perspectivas do AGHUX, o trabalho conduzido nos Centros de Competência do AGHU, os desafios da interoperabilidade de sistemas, segurança cibernética e o orçamento 2022 para a TI.

Durante a abertura do evento, o vice-presidente da Ebserh, Eduardo Vieira, lembrou que no início de 2019, propôs empreender um ritmo mais acelerado na implementação do AGHU, nas inovações e na modernização do parque tecnológico da rede. “Três anos depois, eu vejo que a maioria daqueles objetivos foi alcançada. Nós investimos bastante em tecnologia da informação, que é uma área muito importante. A TI é muito mais do que o hardware e o software. Isso representa para nós um desafio, em trazer essa modernidade para a Rede para agregar valor ao nosso negócio, que é educação e saúde”, afirmou Vieira. 

“A Ebserh mais uma vez busca discutir temas essenciais que impactam a jornada hospitalar do paciente SUS e o potencial oferecido pela tecnologia da informação para melhorar essa jornada, além do apoio ao ensino, pesquisa e gestão do hospital. A tecnologia impacta na rapidez e na eficiência do atendimento e da gestão, auxilia o profissional de saúde e o gestor do hospital na tomada de decisão. Faremos uma reflexão do que foi feito, mas também falaremos de futuro. Somos agentes da transformação e temos plena consciência dessa responsabilidade”, declarou a diretora de Tecnologia e Informação da Ebserh, Simone Scholze.

O evento segue até sexta-feira, 26.

Sobre a Rede Ebserh

Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Essas unidades hospitalares, que pertencem a universidades federais, têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas.

Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde das regiões em que os hospitais estão inseridos, mas se destacam pela excelência e vocação nos procedimentos de média e alta complexidades.

Coordenadoria Comunicação Social da Rede Ebserh/MEC