Notícias

INFRAESTRUTURA

Obras de duplicação do Contorno de Pelotas entram em sua fase final

DNIT já executou 96% dos serviços e previsão é concluir o empreendimento até o fim de 2021
Publicado em 04/05/2021 16h28
0405pelotas.jpeg

A duplicação da BR-116 e da BR-392, no Contorno de Pelotas (RS), visa garantir mais fluidez ao trânsito, assim como segurança aos usuários da rodovia e comunidades lindeiras. Além de uma nova pista de rolamento, o empreendimento tem trazido melhorias como ruas laterais, pontes e viadutos. Com 96% dos serviços executados, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) tem condições de terminar as obras até o fim de 2021.

Dos 23,69 quilômetros previstos para serem duplicados, 21 estão entregues ao tráfego de veículos. Agora as obras se concentram, principalmente, em três viadutos. Na interseção da BR-116/RS com a Avenida Cidade de Lisboa são feitas as estacas dos viadutos da trincheira. No cruzamento da BR-392/RS com a Avenida Duque de Caxias, a Autarquia trabalha na execução de aterros. Já a elevada, em construção no entroncamento da BR-392/RS com a via férrea, está na fase da superestrutura ao mesmo tempo que os aterros estão sendo executados.

Mensalmente, a Autarquia produz materiais audiovisuais no intuito de registrar o andamento do empreendimento. Vídeos com imagens aéreas, capturadas com auxílio de drones, são disponibilizados e veiculados para manter a comunidade atualizada sobre o avanço da duplicação. Para dúvidas, reclamações ou sugestões, o DNIT possui um canal de Ouvidoria: 0800 0116 392.

Coordenação-Geral de Comunicação Social - DNIT