Fazer Pós-Graduação em Diversidade Sociocultural no Museu Paraense Emílio Goeldi.

Fazer Pós-Graduação em Diversidade Sociocultural no Museu Paraense Emílio Goeldi. (PPGDS)
Iniciar
Avaliação: Sem Avaliação
Avaliação

O número antes das estrelas é a nota dada pelos usuários que utilizaram o serviço e vai de 1 a 5.
Depois das estrelas, entre parênteses, é a quantidade de usuários que avaliaram o serviço.
Os números são atualizados diariamente.

Iniciar
  • O que é?

    O Programa de Pós-Graduação em Diversidade Sociocultural - PPGDS é vinculado à Coordenação de Pesquisa e Pós-Graduação do Museu Paraense Emilio Goeldi (MPEG), Instituto de Pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações. Destina-se a conferir o título de Mestre em Diversidade Sociocultural.

    A proposta do curso é analisar os processos históricos e culturais que constituíram a diversidade sociocultural e ecológica na Amazônia, numa perspectiva de longa duração.

    O Programa pretende oferecer aos discentes, a oportunidade de cursar disciplinas com uma abordagem interdisciplinar em antropologia, arqueologia, linguística, história e áreas correlatas, inclusive com experiências práticas de campo. Espera-se que o profissional formado a partir de uma perspectiva interdisciplinar, adquira uma visão integrada da diversidade sociocultural da Amazônia, sendo dotado dos conhecimentos e métodos necessários para analisar a realidade extremamente diversa que resultou da transformação dos antigos complexos socioculturais nas configurações sociais, políticas e econômicas que interagem com as dinâmicas globais na Amazônia contemporânea.

    O curso está organizado na forma de Mestrado Acadêmico, visando proporcionar formação científica a portadores de título de nível superior, capacitando-os para pesquisa e docência na área de Ciências Humanas e Sociais, aprimorando seus conhecimentos teóricos e metodológicos, imprescindíveis à execução de atividades científicas, como também profissionais aptos para atuar no mercado de trabalho público e privado.

  • Quem pode utilizar este serviço?

    Cidadãos com terceiro grau completo, formados em cursos relacionados aos estudos com a diversidade sociocultural.

    Serão admitidos como candidatos à seleção os portadores de diploma de graduação, preferencialmente, em Ciências Humanas ou de áreas interdisciplinares e afins, com curso realizado em Instituição de Ensino Superior (IES) credenciada e reconhecida pelo Ministério da Educação do Brasil ou pela instância educacional máxima do país de origem.

    Excepcionalmente, serão aceitos candidatos com outra graduação que não as aqui especificadas, desde que a inscrição seja justificada pelo(a) candidato(a).

    Estudantes que estejam cursando o último semestre da graduação poderão se candidatar, desde que apresentem uma Declaração de Integralização Curricular e uma declaração da IES de origem (assinada pelo coordenador do curso de graduação) de que o(a) candidato(a) finalizará o curso antes de 1º de março de 2020. Nesse caso, a matrícula do(a) candidato(a) aprovado(a) será condicionada à apresentação do diploma ou certificado de conclusão da graduação

  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Inscrever-se no teste de seleção

      O candidato deve consultar o edital do teste de seleção do ano em questão e preencher o formulário de inscrição disponibilizado no Edital. 

      https://ppgds.museu-goeldi.br/assuntos/programa/processo-seletivo

      Documentação

      Documentação em comum para todos os casos
        • Autodeclaração Racial se optar pela “reserva de vagas para pretos e pardos”;
        • Comprovante de proficiência em língua estrangeira;
        • Cópia do RG e do CPF;
        • Cópia do diploma de graduação ou certificado de conclusão de curso;
        • Curriculum Lattes atualizado com documentos comprobatórios;
        • Carta de apresentação pessoal indicando o nome de dois possíveis orientadores do quadro de docentes do PPGDS;
        • Projeto de Pesquisa

      Canais de prestação

        Web : 
        E-mail : 

      ppgds@museu-goeldi.br

      Tempo de duração da etapa

      Não estimado ainda
  • Outras Informações
    Quanto tempo leva?
    Não estimado ainda

    Informações adicionais ao tempo estimado

    Este serviço é gratuito para o cidadão.

    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato

    ppgds@museu-goeldi.br


    Este é um serviço do(a) Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

    O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:

    • Urbanidade;
    • Respeito;
    • Acessibilidade;
    • Cortesia;
    • Presunção da boa-fé do usuário;
    • Igualdade;
    • Eficiência;
    • Segurança; e
    • Ética

    Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento

    O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.


    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

    Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000.


Esta página foi útil para você?
Sim (1) Não (0)