Enviar documentos pelo protocolo digital do Banco Central

Enviar documentos pelo protocolo digital do Banco Central " Protocolo Digital"
Iniciar
Avaliação: 4.4 (17)
Avaliação

O número antes das estrelas é a nota dada pelos usuários que utilizaram o serviço e vai de 1 a 5.
Depois das estrelas, entre parênteses, é a quantidade de usuários que avaliaram o serviço.
Os números são atualizados diariamente.

Iniciar
  • O que é?

    O Protocolo Digital do BC possibilita aos cidadãos, às empresas, às instituições supervisionadas e às entidades públicas enviar documentos ao Banco Central de forma totalmente digital, proporcionando mais agilidade no atendimento e redução nos custos.

    Após enviados, os documentos são analisados pela área do BC responsável pela demanda. Assim, é importante saber quais os documentos são necessários para ter seu pedido atendido. Há casos, inclusive, em que os documentos devem possuir mecanismos eletrônicos de verificação de autenticidade.

  • Quem pode utilizar este serviço?

    Qualquer pessoa física, enviando em seu nome ou representando outra pessoa física ou jurídica.

  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Gerar o documento no formato exigido

      Os documentos enviados por meio do Protocolo Digital do BC devem ter no máximo 50MB e devem estar no formato PDF/A, o que permitirá uma visualização padronizada do documento e garantirá que ele possa ser acessado no futuro com suas características originais.

       

      Canais de prestação

        Web : 

      Acesse o tutorial para saber como criar ou converter documentos no formato PDF/A.

      Tempo de duração da etapa

      Não estimado ainda
    2. Acessar o Protocolo Digital

      Para acessar o Protocolo Digital do BC, é necessário utilizar uma conta Sisbacen ou uma conta gov.br.

      Clique aqui para cadastrar uma nova conta ou acessar o Protocolo Digital do BC a partir de uma conta já existente.

      Documentação

      Documentação em comum para todos os casos
      • CPF

      Canais de prestação

        Web : 

      Acesse aqui

       

      Tempo de duração da etapa

      Não estimado ainda
    3. Enviar o documento

      Após acessar o Protocolo Digital do BC, será possível fazer o upload do documento e enviá-lo ao BC, junto com as devidas informações sobre o documento, as quais serão solicitadas por meio de campos no sistema.

      Depois de concluir o envio do documento, será gerado o Número Único de Protocolo (NUP). Esse número é único dentro de toda a Administração Pública Federal e permite que o trâmite do documento seja consultado posteriormente.

      Canais de prestação

        Web : 

      Acesse aqui.

      Tempo de duração da etapa

      Atendimento imediato
    4. Acompanhar o andamento de um documento enviado

      Você pode acompanhar o andamento do documento na opção “Meus protocolos”, dentro do Protocolo Digital do BC, ou no Protocolo Integrado do Governo Federal, informando o nº do Protocolo (NUP).

      Canais de prestação

        Web : 

      Acesse aqui o Protocolo Digital do Banco Central 

      Acesse aqui o Protocolo Integrado do Governo Federal

      No caso do Protocolo Integrado do Governo Federal, ele estará disponível em até meia hora após a protocolização.

      Tempo de duração da etapa

      Atendimento imediato
  • Outras Informações
    Quanto tempo leva?
    Atendimento imediato

    Informações adicionais ao tempo estimado

    A confirmação do envio do documento ocorre geralmente em alguns segundos, na própria tela do protocolo digital.

    No site do Protocolo Integrado do Governo Federal esta informação pode constar em até meia hora após a protocolização.


    Este serviço é gratuito para o cidadão.

    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato

    Pelo telefone: (61) 3414-2156

    Pelo e-mail:


    Este é um serviço do Banco Central do Brasil . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

    O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:
    · Urbanidade;
    · Respeito;
    · Acessibilidade;
    · Cortesia;
    · Presunção da boa-fé do usuário;
    · Igualdade;
    · Eficiência;
    · Segurança; e
    · Ética.


    Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento

    O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº 13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.


    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

    Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei n° 10.048/00.


Esta página foi útil para você?
Sim (56) Não (57)