Emitir GPS para pagamento de contribuições previdenciárias

Emitir GPS para pagamento de contribuições previdenciárias (INSS)
Avaliação: Sem Avaliação
Avaliação

O número antes das estrelas é a nota dada pelos usuários que utilizaram o serviço e vai de 1 a 5.
Depois das estrelas, entre parênteses, é a quantidade de usuários que avaliaram o serviço.
Os números são atualizados diariamente.

  • O que é?

    Emita a Guia da Previdência Social (GPS) para pagar estas contribuições sociais.

    A Guia da Previdência Social (GPS) é o documento para pagar as contribuições sociais (INSS) de:

    • contribuinte individual;
    • segurado especial
    • segurado facultativo; e
    • empresas obrigadas a entrega de Guia do FGTS e Informações à Previdência Social (GFIP/SEFIP).

    Consulte os bancos da rede arrecadadora de receitas federais

    Consulte os códigos de receita

    Atenção! Empresas obrigadas à declarar débitos e créditos previdenciários em DCTFWeb devem pagar os tributos com DARF, que deve ser emitido no próprio sistema da declaração, após a transmissão.

    Atenção! O empregador doméstico deve pagar os débitos previdenciários até 09/2015 por meio de GPS. A partir de 10/2015, deve pagar os débitos por meio de Documento de Arrecadação do eSocial (DAE).

  • Quem pode utilizar este serviço?

    Contribuinte ou seu representante legal.

  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Emitir GPS

      Preencha a Guia da Previdência Social (GPS) para pagar as contribuições sociais.

      Canais de prestação

      Para emitir GPS referentes à débitos consolidados (DCG/LDCG)

        Web : 
      Procedimentos de atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível

      Consulte a unidade mais próxima e agende horário para ser atendido.

      Unidade de atendimento da RFB

      Agende horário para o seu atendimento

      Tempo de duração da etapa

      Atendimento imediato
  • Outras Informações
    Quanto tempo leva?
    Não estimado ainda

    Este serviço é gratuito para o cidadão.

    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato

    Mais informações:
    Orientações sobre documentos de arrecadação


    Fale com nossos atendentes:
    Chat RFB 
    Fale Conosco 


    Este é um serviço do Secretaria Especial da Receita Federal do Brasil . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

    O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:

    • Urbanidade;
    • Respeito;
    • Acessibilidade;
    • Cortesia;
    • Presunção da boa-fé do usuário;
    • Igualdade;
    • Eficiência;
    • Segurança; e
    • Ética

    Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento

    O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.


    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

    Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000.


Esta página foi útil para você?
Sim (0140) Não (1552)